Nas Bancas

Famílias reais da Suécia e da Noruega entregam os Prémios Nobel 2008

Famílias reais da Suécia e da Noruega entregam os Prémios Nobel 2008

Famílias reais da Suécia e da Noruega entregam os Prémios Nobel 2008

Os vencedores deste ano foram galardoados em Oslo e Estocolmo

Redacção Caras
10 de dezembro de 2008, 00:00

Comemorando mais um aniversário da morte do seu criador, decorreu hoje mais uma entrega dos Prémios Nobel. A família real da Noruega entregou, em Oslo, o Prémio Nobel da Paz, ganho pelo ex-presidente da Finlândia, Martti Ahtisaari, graças ao trabalho que realizou durante três décadas como mediador internacional, tendo, assim, contribuído para um mundo mais pacífico e para a fraternidade entre as nações. Este é o único dos seis prémios que é entregue anualmente fora da Suécia, por desejo expresso de Alfred Nobel. O vencedor foi, inclusivamente, recebido no Palácio Real pelos príncipes Haakon e Mette-Marit, bem como pelos reis Harald e Sónia.Já os restantes galardões foram entregues na Sala de Concertos de Estocolmo, numa cerimónia presidida pelos monarcas suecos, Carlos Gustavo e Sílvia, e pelas filhas, as elegantes princesas Victoria e Madalena.Os contemplados com o Prémio Nobel da Medicina foram o alemão Harald zur Hausen, que descobriu, na década de 80, o vírus HPV-16 e 18, responsável pelo cancro do colo do útero, e os franceses Françoise Barré-Sinoussi e Luc Montagnier, que descobriram o vírus da Sida, HIV. O galardão destinado à Física foi ganho pelos japoneses Makoto Kobayashi e Toshihide Maskawa e pelo norte-americano, mas também nascido no Japão, Yoichiro Nambu, graças às suas explicações teóricas sobre a existência do Universo.O Prémio da Química foi arrecadado pelos investigadores norte-americanos Osami Shimonura, Martin Chalfie e Roger Tsien, que descobriram e desenvolveram a proteína verde fluorescente. Já o Prémio Nobel da Economia foi para o norte-americano Paul Krugman pela sua pesquisa sobre o comércio internacional, enquanto que o escritor francês Jean-Marie Le Clézio conquistou o Prémio Nobel da Literatura.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras