Nas Bancas

CR-NunoGama113.JPG

Campiso Rocha

Onda de protestos chegou à 'passerelle' da ModaLisboa

Foram muitos os portugueses que já mostraram o seu descontentamento acerca da situação que o país atravessa e Nuno Gama escolheu o certame de moda para, através da sua arte, protestar contra as medidas que estão a ser tomadas.

Lusa
15 de outubro de 2012, 12:31

A onda de manifestações registada em Portugal chegou à ModaLisboa, onde o designer português Nuno Gama aproveitou a ‘passerelle’ para protestar acerca da situação vivida no país, homenageado na coleção que hoje apresentou no Pátio da Galé.
A apresentação de Nuno Gama terminou com os manequins a desfilarem com um autocolante colado na boca, no qual estava desenhado uma cara triste, e com t-shirts em que se podia ler a frase "eu quero ser feliz", o que arrancou muitos aplausos da plateia.
"Acho que nunca fui tão radical na minha vida como fui hoje", afirmou hoje Nuno Gama aos jornalistas no Pátio da Galé, no final do desfile, salientando que é "o mais pacífico que se possa imaginar".
 

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras