Nas Bancas

Este foi, provavelmente, o desfile mais divertido da Semana da Moda de Nova Iorque

Não só as roupas primavam pela irreverência que é a característica-chave da Desigual, como os manequins 'encarnaram' na perfeição o espírito da primeira coleção com assinatura de Jean-Paul Goude como director artístico da marca.

CARAS
14 de setembro de 2017, 10:30

Assumindo-se, mais uma vez, como uma marca que valoriza a personalidade e a individualidade, as propostas da Desigual para a primavera-verão de 2018 pautam-se por uma visão que transborda de ecletismo, múltiplas referências culturais e originalidade, sempre com particular atenção aos estampados, sob a batuta de Jean-Paul Goude, novo director artístico da marca.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras