Nas Bancas

GettyImages-632784948.jpg

Pascal Le Segretain

Morreu Pierre Bergé, o icónico parceiro de Yves Saint Laurent

Tinha 86 anos e lutava contra a distrofia muscular.

Ana Romano Afonso
8 de setembro de 2017, 16:18

Pierre Bergé morreu hoje, aos 86 anos, em Saint-Rémy-de-Provence, em França. O icónico parceiro profissional e romântico de Yves Saint Laurent já lutava há alguns anos contra a distrofia muscular.
O empresário iria inaugurar, no próximo mês de outubro, dois museus com o nome do estilista francês e que iria dedicar ao seu legado. Um dos museus irá situar-se na sua casa de sempre, a Fondation Pierre Bergé-Yves Saint Laurent, em Paris, e o outro na sua casa de férias, em Marraquexe.
Segundo o jornal espanhol El País, Bergé era também accionista do jornal francês Le Monde, que lia de forma crítica e orgulhosa. Era também um activista a favor do casamento homossexual e da eutanásia.
Pierre Bergé nasceu em novembro de 1930, em Saint-Pierre-d'Oléron. Conheceu o estilista Saint Laurent através de Christian Dior, em 1958, e desde então juntaram-se e fundaram a marca com o nome do parceiro, em 1961. Enquanto Saint Laurent tratava da parte criativa e sensível da marca, Bergé tratava da assertividade e da parte dos negócios. Em 1976, o casal separou-se de forma amistosa, no entanto, continuaram sócios nos negócios.
Em 2009, o empresário conseguiu vender na Christie's, uma das empresas de arte mais importantes. Vendeu também mais de 700 objetos de arte que pertenciam.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras