Nas Bancas

users_0_10_alexander-mcqueen-c59b.jpg

Reuters

Alexander McQueen deixa fortuna de 57 mil euros aos seus cães

Além dos cães, o estilista, que se suicidou em fevereiro de 2010, fez doações a instituições de caridade.

Joana Carreira
27 de julho de 2011, 17:42
Alexander McQueen
deixou uma fortuna de 57 mil euros aos seus cães, três
bull terriers
chamados Juice, Minter e Callum. Segundo o seu testamento, o estilista britânico, que se suicidou em fevereiro de 2010, deixou ainda 56 mil euros às suas empregadas domésticas. Relativamente à família, o seu afilhado e todos os seus sobrinhos receberam 57 mil euros cada, enquanto cada um dos irmãos de McQueen arrecadaram 282 mil euros.


No seu testamento, com uma fortuna avaliada em 18 milhões de euros, ficaram ainda registados doações a quatro instituições de caridade: a instituição Terrence Higgins, destinada a ajudar pessoas com SIDA, o canil Battersea para Cães e Gatos, o centro budista de Londres e a organização para o bem animal Blue Cross.


No entanto, a maior fatia do dinheiro foi deixada à instituição Sarabande Charity. O
designer
de moda, de 40 anos, deixou esclarecido que as verbas devem ser distribuídas através de bolsas ou subsídios para os estudantes da Universidade de Saint Martins, instituição onde estudou.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras