Nas Bancas

Joana Freitas

Joana Freitas

Catarina Larcher

Trauma de infância impede Joana Freitas de arriscar no mar

Durante um evento em Carcavelos, a atriz explicou que o susto que apanhou, aos dez anos, na praia Cabo do Mundo, em Matosinhos, a fez a ganhar um enorme respeito pelo mar.

Joana Carreira
29 de maio de 2011, 11:37
Joana Freitas
participou num evento da Throttleman que decorreu na praia de Carcavelos e que incluía uma aula de
surf
. Quando a modelo chegou à praia e percebeu que o mar estava calmo, sentiu-se aliviada. Mais tarde, haveríamos de perceber porquê: Joana ganhou um enorme respeito pelo mar desde o dia em que viveu uma situação assustadora na praia Cabo do Mundo, em Matosinhos, aos dez anos.


"
Estava a nadar numa praia em frente ao restaurante onde os meus pais estavam a almoçar. A maré começou a encher e eu acabei por ser arrastada por uma corrente. Quando dei por mim, estava num sítio sem pé, com imensas rochas por baixo que me cortavam os pés todos, e acabei por ser salva por um surfista que me foi buscar com uma prancha
long board
. Foi muito traumatizante, porque perdi os sentidos dentro de água depois de gritar imenso a pedir ajuda, e são coisas que não se esquecem",
Joana Freitas à CARAS, acrescentando:
"Eu andava na natação desde os quatro anos, nadava bem, mas, de facto, as pessoas não medem os estragos que uma onda pode fazer. Não se sai de uma corrente, é dificílimo. É horrível. Querer nadar e não sair do mesmo sítio é muito frustrante."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras