Nas Bancas

John Galliano

John Galliano

Getty Images

John Galliano despedido da sua própria marca

O estilista foi convidado a abandonar o cargo de diretor criativo da sua própria marca, da qual a Christian Dior detém 91%.

Joana Carreira
15 de abril de 2011, 20:36
John Galliano
continua a ser alvo de polémicas. Depois de toda o escândalo que envolveu o estilista, acusado de proferir comentários anti-semitas e racistas, e que levou ao seu despedimento da casa Dior no início do mês de março, John Galliano foi agora formalmente convidado a abandonar o cargo de diretor criativo da sua própria marca.

A marca John Galliano está estabelecida no mercado desde 1991 e é propriedade da Christian Dior em 91%.


Recorde-se que, depois de se desculpar pelo seu comportamento, o criador de moda iniciou um programa de reabilitação numa clínica no Arizona, Estados Unidos.


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras