Nas Bancas

Ana Sofia

Ana Sofia

D.R.

A escolha de...Ana Sofia

Manequim desde os 15 anos, já desfilou para os mais conceituados estilistas nacionais e internacionais. Ajuda ainda adolescentes do bairro onde cresceu, a Outurela.

Melissa Tavanez
29 de novembro de 2010, 15:32

Oriunda de uma família carenciada do Bairro da Outurela, em Carnaxide, Ana Sofia não pode dizer que tenha tido uma infância fácil, mas a sua determinação e capacidade para contornar as adversidades mostraram-lhe, desde muito cedo, o caminho para uma vida equilibrada e bem-sucedida. Aos 15 viu abrirem-se-lhe as portas do mundo da moda, oportunidade que soube aproveitar. Com 17 anos já vivia sozinha em Nova Iorque, e foi com passos seguros que percorreu as passarelas nacionais e internacionais. Mas não perdeu as suas raízes e, sempre que volta a Portugal, é na Outurela que gosta de ficar alojada. É aí que está a desenvolver um projeto de ajuda a adolescentes em busca de um rumo para a sua vida.

O livro
"Lágrimas do Darfur"

De Halima Bashir & Damien Lewis. Foi um dos livros que mais impacto teve em mim por ser uma história atual de uma refugiada do Darfur. Fala do seu trajeto, dos sonhos de infância, de uma vida que foi normal até a guerra ter rebentado. É quase uma homenagem a todas as pessoas que passaram por este tipo de torturas silenciosamente. A autora não nos poupa detalhes.

O bar
Pavilhão Chinês
Fica no Príncipe Real, em Lisboa, e tem um ambiente descontraído e simultaneamente seleto. Perfeito para um fim de noite com amigos íntimos ou até para um primeiro encontro, visto que há tanto para onde olhar e por onde explorar que nunca se fica sem assunto. Aconselho o chocolate quente veneziano.

O restaurante
Casa da Morna
O meu lado africano leva-me várias vezes à Casa da Morna, em Lisboa. Sempre que tenho amigos estrangeiros a visitar-me, levo-os lá. Além da decoração e do espaço ser acolhedor, o staff é muito simpático e a cachupa é simplesmente divinal. Tenho preferência pelos dias em que há música ao vivo.

O fim-de-semana
Palácio de Estoi

Fica no Algarve, é uma pousada que alia a arquitetura moderna à do século XIX. Tem imensos pavilhões de chá e jardins ao estilo do Palácio de Versailles. Ler um livro ao pôr-do-sol à beira da piscina enquanto se admira a paisagem... não tem preço!

O concerto
Seu Jorge

Assisti muito recentemente a este concerto do brasileiro Seu Jorge em Lisboa e foi sem dúvida um dos melhores espetáculos que já vi. A voz dele, a figura, a envolvência do ambiente que ele cria com o público são fatores que me fazem admirá-lo como artista.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras