Nas Bancas

António Augusto encantado com a neta

O costureiro e a mulher, Clara Currea, levaram a neta, Carolina, de um ano, a um evento de solidariedade e contaram que esta já fala muito e até percebe o castelhano da avó.

Andreia Guerreiro
16 de novembro de 2010, 10:25
Carolina
, de um ano, neta do costureiro
António Augusto
e de
Clara Currea
, deu nas vistas num evento de solidariedade. De mãos dadas com os avós, entrou pelo seu próprio pé e rapidamente identificou a mascote Popota, que apadrinhava a iniciativa, reclamando a mão da avó quando esta a largou por uns segundos.
"Ela diz tudo, parece um papagaio"
, comentou o avô, obviamente orgulhoso, explicando:
"Ela está muito desenvolvida no aspeto da linguagem porque a minha filha a estimula muito. Fala com ela como se a Carolina pudesse perceber tudo, e a verdade é que ela responde de imediato."

António Augusto e Clara Currea com a neta, Carolina
António Augusto e Clara Currea com a neta, Carolina
Paulo Jorge Figueiredo
E não se pense que a língua materna é a única que está ao alcance da criança, pois Carolina também compreende tudo o que a avó lhe diz em castelhano da Colômbia, como revela António Augusto:
"Eu sou o avô, mas a minha mulher já é a 'abuelita Clarita'. Quando chega a nossa casa e vê os cães, diz logo: 'los perritos'."
Ansioso para ver a reação da neta ao Natal agora que já compreende tudo melhor, o costureiro já antecipa que este ano a quadra
"vai ser mais divertida"
. Ressalva, no entanto, que, apesar de toda a família encher a criança de mimo, pretende que Carolina seja
"muito mimada, mas não estragada"
.


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras