Nas Bancas

Ana Rita e Celso entusiasmados com a primeira filha, Estrela

Foi há um ano que a vida dos dois manequins se transformou e ficou, confirmam-no ambos, muito mais rica.

Cláudia Alegria
8 de novembro de 2009, 14:57

Quando decidiram ser pais, o seu maior receio era a adaptação às novas rotinas e horários que um bebé exige. Afinal, começaram a namorar aos 16 anos, estavam habituados a viver em função um do outro e, apesar de quererem muito aumentar a família, tinham noção de que as suas vidas iriam mudar para sempre. E sim, mudou muito, mas, ao contrário do que esperavam, mudou para muito melhor, até porque tiveram a 'sorte' de ter uma filha que sempre dormiu a noite inteira, que nunca soube o que eram cólicas, e que só teve febre quando nasceram os primeiros dentes. " Tem sido uma bebé muito calminha, ajudou-nos imenso e, por isso, a experiência da maternidade está a ser melhor do que eu alguma vez imaginei, estou a adorar", revelou Ana Rita, de 30 anos, que regressou às passarelas apenas quatro meses depois de ter sido mãe, tendo desfilado no Portugal Fashion mostrando uma boa forma exemplar. Claro que o marido, Celso Martins, de 29 anos, também contribuiu. Afinal, além de manequim também é personal trainer...

- Como é que conseguiu perder em apenas quatro meses os 25 quilos que ganhou durante a gravidez?

Ana Rita - Acho que fiz muita retenção de líquidos... Estava muito inchada e logo ao fim da primeira semana notei imensa diferença. Depois, foram os ajustes normais. Fui perdendo alguns quilos todos os meses e, quando a Estrela tinha quatro meses, fiz logo o Portugal Fashion.

Celso - E eu fui assistir, babado, ao desfile. Deixámos a bebé com a avó, e aproveitámos para estar aqueles dias juntos no Porto.

- Notou alguma diferença no seu corpo desde que foi mãe?

Ana Rita - Por incrível que pareça, não. Estava com muito medo de ficar diferente e tentava mentalizar-me de que nada iria ser igual, que o corpo ia ficar diferente e que não poderia ser magrinha para sempre, mas, realmente, a genética tem muita força e, neste momento, estou igual... até acho que estou melhor! A barriga, que achava que ia ficar muito diferente, não só não ganhou estrias, como fiquei com uns abdominais mais definidos.

Celso - Genética quer dizer... Também contou o trabalho do personal trainer, muito treino e ginásio, e, claro, uma boa alimentação.

- Foi muito exigente com os treinos da sua mulher?

- Não, nada disso. A Ana Rita tem uma boa genética, o que foi meio caminho andado. Ela treinava três vezes por semana, e como temos uma boa alimentação...

O casal

O casal

Mário Galiano

- Custou-lhe separar-se da Estrela quando teve de regressar ao trabalho?

- Estive a primeira semana em casa, e depois foi muito difícil deixar de estar tão presente. Lembro-me de ter ficado muito triste quando a Ana me disse que a Estrela tinha sorrido pela primeira vez, por não ter testemunhado aquele momento... Mas é a vida, temos de regressar ao trabalho e tentar aproveitar todos os momentos que estamos com ela.

- Para a Ana, tem sido fácil conciliar o trabalho com a vida de mãe?

Ana Rita - Tenho-a deixado todos os dias com a minha mãe, o que é óptimo, e devo continuar a fazê-lo até ela ter, pelo menos, dois anos. Isto porque, entretanto, além dos trabalhos enquanto manequim, estou com um novo projecto na minha agência, a Just Models Academia. Eu e a Carla Contige somos as coordenadoras deste novo departamento, que tem como objectivo formar manequins da agência, new faces e actores nas vertentes de passarela, acting, casting e vídeo, fotografia, valorização pessoal e expressão corporal.

- É uma forma de ir encontrando alternativas aos desfiles enquanto manequim?

- Sim, nesta fase fazia todo o sentido fazê-lo. Estava à procura de novos desafios e estou a adorar este projecto, porque tem tudo que ver comigo. Estive cerca de 11 anos a trabalhar no mundo da moda, e acredito que tenho muito para ensinar.

- E têm conseguido ter tempo para os dois, ou sentem que a Estrela vos tem retirado os momentos que dedicavam um ao outro?

- Não sentimos isso porque temos a facilidade de a podermos deixar na minha mãe se quisermos, por exemplo, passar um fim-de-semana a dois. Depois, como ela normalmente vai para a cama muito cedo, jantamos todos os dias juntos, e conseguimos falar calmamente sobre o nosso dia.

- Fisicamente, ela é muito parecida com o pai...

Celso - Pois, tem os meus genes!

O casal com a filha, Estrela

O casal com a filha, Estrela

Mário Galiano

- Já começou a andar?

- Sim, começou a andar antes dos 11 meses, e não pára.

- Estando esta primeira experiência da maternidade a correr tão bem, já começam a pensar dar um irmão à Estrela?

- Eu bem tento, mas vai ser muito difícil...

- Sendo manequim, tem sempre a necessidade de ter o corpo em forma para conseguir trabalhar. É por isso que hesita quando o Celso lhe fala em ter mais filhos?

Ana Rita - É complicado. Realmente quando lidamos com a beleza exterior, com a estética, é sempre tudo mais complicado. Para mim foi fácil, mas, de qualquer forma, implica sempre ter de passar por muitas transformações durante os nove meses de gravidez... Por isso, prefiro esperar uns cinco ou seis anos antes de voltar a engravidar e, nessa altura, já podemos contar com a Estrela para nos ajudar a fazer algumas coisas.

- Ela já revela alguns traços de personalidade?

Celso - Eu acho que ela é uma bebé muito calma, talvez por ser também muito observadora. Passa imenso tempo quieta a ver o que se passa à volta dela. Além disso, é superdivertida, está sempre a rir e a brincar.

Ana Rita - Ela parece ser uma criança muito social, mas nós também sempre tentámos fomentar esta socialização. Queremos que ela lide com toda a gente, que vá para o colo de qualquer pessoa sem problemas. Nunca quisemos que ela fosse demasiado agarrada a nós. Por isso, acho que vai ser uma criança muito simpática para todos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras