Nas Bancas

Matera, Itália: uma cidade romântica escondida

Uma cidade romântica escondida numa ravina

Joana Carreira
3 de março de 2019, 17:38

À primeira vista, Matera parece uma cidade pré-histórica, adormecida no meio de uma ravina, na região de Basilicata, no Sul de Itália. Aliás, por ser tão bizarra e até anacrónica, e semelhante a Jerusalém, em Israel, foram ali rodados os filmes Ben-Hur, A Paixão de Cristo e Mulher-Maravilha.
O charme particular de Matera valeu-lhe a eleição como Património Mundial da UNESCO em 1993 e é este ano Capital Europeia da Cultura (título que partilha com Plovdiv, na Bulgária), tendo-se tornado um destino muito procurado por turistas, maravilhados com os ambientes rústicos dos sassi, as grutas esculpidas em calcário que outrora foram residências dos habitantes da cidade.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras