Nas Bancas

Cracóvia: O tesouro da Polónia

A cidade é Património da Humanidade pela UNESCO.

CARAS
5 de fevereiro de 2017, 17:00

Cracóvia remonta ao século VII e é hoje a cidade mais turística do país. Depois de aterrar em Viena, na Áustria, fiz-me à estrada ao volante do novo Ford Kuga, uma viagem de cerca de 520km com paragem nas cidades de Viktovice e Ostrava, na República Checa. Estacionei junto ao Castelo de Wawel, na margem do rio Vístula, e segui a pé até à famosa e animada Praça do Mercado, que alberga a Basílica de Santa Maria. A fachada de tijolo esconde um interior verdadeiramente espetacular, com dezenas de capelas, altares e púlpitos. Após tomar um café numa das muitas esplanadas da praça, observando as típicas charretes que levam os turistas aos principais pontos históricos de Cracóvia, percorri as ruas do Centro Velho, repleto de igrejas que se erguem entre o casario medieval.
Declarada Património da Humanidade pela UNESCO, em 1978, Cracóvia é uma cidade vibrante e cosmopolita, com uma vasta oferta de bons restaurantes e hotéis. Um destino a ter em conta para quem quer conhecer o misterioso Leste Europeu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras