Nas Bancas

Azóia: St. Francis Lodge

Retiro situado na serra de Sintra.

CARAS
29 de janeiro de 2017, 17:00

Situado em plena região saloia, no alto da serra de Sintra, a meio caminho entre Cascais, Almoçageme e o Cabo da Roca, em terras onde em tempos as pás dos moinhos de vento zuniam sem descanso, o St. Francis Lodge nasceu precisamente da transformação de um velho moinho em casa de férias, posteriormente adaptada a espaço de turismo pronto a receber hóspedes de todas as nacionalidades como se de amigos se tratassem. Assumindo-se como a estalagem mais ocidental da Europa, reserva-lhes, ainda por cima, uma paisagem de cortar a respiração: de um lado, o azul profundo do Oceano Atlântico a perder de vista, do outro, o verde intenso do Parque Natural de Sintra-Cascais.
Com sete quartos onde, a exemplo da arquitetu­ra tradicional dos moinhos, o branco puro predomina, mas sobre o qual se destacam vários apontamentos de cores fortes a dar calor a uma decoração de estilo hippie-chic de inegável bom gosto, o St. Francis Lodge junta ao conforto de um hotel o ambiente intimista de uma casa de família. E, numa homenagem à região, cada quarto tem o nome de uma das principais praias vizinhas, entre elas a Adraga, o Guincho ou a Ursa.
Depois, desde que as temperaturas o permitam, há ainda a piscina, de dimensões generosas e perfeitamente enquadrada na paisagem envolvente. Um destino propício ao descanso em contacto com a natureza, ao romance, a uns dias em família, a umas férias dedicadas à descoberta do património histórico da região ou ao surf. Porque, ao todo, há nas redondezas vinte e duas praias de areias brancas e águas bem batidas pelas ondas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras