Nas Bancas

Ilha de São Miguel

Em permanente ebulição. 

CARAS
18 de abril de 2015, 17:00

A melhor forma de ficar a conhecer São Miguel de uma ponta à outra é alugar um carro e, entre os vários locais de visita obrigatória, o nosso destaque vai desta vez para o Parque Terra Nostra e para a Lagoa das Furnas.
As centenas de pequenas nascentes e cursos de água, todas com diferentes propriedades, começaram a suscitar interesse no final do séc. XVIII, devido à crescente procura de águas minerais para o tratamento de algumas doenças como reumatismo e obesidade. Foi precisamente no Vale das Furnas que, em 1775, Thomas Hickling, um cônsul honorário dos Estados Unidos em São Miguel que se apaixonou pela zona, mandou construir uma casa de madeira e um grande tanque de água. Data de então a fundação do conhecido jardim botânico, que foi sendo desenvolvido e aumentado pelos sucessivos proprietários, os viscondes da Praia e a família Bensaúde. Considerado um dos mais bonitos do mundo pela revista Condé Nast Travel, este parque encerra uma das maiores coleções de camélias e de cicas, além de acolher uma piscina de água férrea vulcânica e natural de cor castanha, cuja temperatura ronda os 25 graus. Mergulhar na sua água, carregada de minerais essenciais, é uma das melhores formas de recuperar energias e de entrar em contacto com a natureza mística daquele parque.
A uma altitude de 600 metros e rodeada de uma paisagem rica e harmoniosa, a Lagoa das Furnas tornou-se conhecida pelas suas manifestações vulcânicas do tipo fumarola e caldeiras de águas ferventes, onde é confecionado o tradicional cozido à portuguesa. Os ingredientes, colocados numa panela de alumínio, ficam a cozer durante mais de cinco horas numa caldeira fumegante, o que lhe confere um gosto  muito particular. Durante a viagem, não deixe de provar o delicioso bolo lêvedo, feito com farinha de trigo e açúçar, e traga consigo chá da fábrica Gorreana, conhecido por ser o mais antigo da Europa.
A NÃO ESQUECER:
Como chegar:
Há voos diários de Lisboa, com a duração aproximada de duas horas.
Onde ficar: Terra Nostra Garden Hotel e Hotel do Colégio.
Onde comer: Tony’s, nas Furnas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras