Nas Bancas

Hotel Molitor: Luxo modernidade e tradição em Paris

Depois de anos de degradação, as famosas piscinas Molitor são hoje um luxuoso hotel de cinco estrelas.

Pedro Amante
19 de setembro de 2014, 17:47

Inauguradas em 1929 pelo nadador olímpico Johnny Weissmuller, que mais tarde viria a ser famoso como o ator que deu vida a Tarzan no cinema, as piscinas Molitor foram durante décadas um dos locais mais concorridos e emblemáticos de Paris. Foi aqui que as francesas usaram biquíni pela primeira vez e eram frequentes os espetáculos culturais e os grandes desfiles de moda. Porém, o complexo acabaria por fechar portas no verão de 1989, sendo considerado monumento histórico. Seguiram-se anos de abandono e degradação, até serem transformadas num luxuoso hotel de cinco estrelas, que abriu portas em maio de 2014.
Situado entre Roland Garros e o Parque dos Príncipes, o novo Hotel Molitor mantém a estrutura do edifício original e tudo gira em redor da mítica piscina. As gigantescas obras de recuperação tiveram em conta todo o ambiente que aqui se viveu, e isso sente-se em cada recanto. O hotel conta com 104 quartos e 20 suítes, todos com vista para a piscina exterior. Existe também uma piscina interior, um ginásio, um spa explorado pela marca de cosméticos Clarins e várias salas vocacionadas para a realização de eventos. A decoração foi pensada ao pormenor, combinando modernidade, tradição e design de época. O restaurante é conduzido pelo chef Yannick Alleno, detentor de três estrelas Michelin.
Molitor é muito mais do que um hotel ou uma piscina. Por aqui passaram artistas, escritores  e pensadores. Organizaram-se galas, exposições e performances. Daí a importância que se dá à arte e à cultura, sendo inúmeras as obras de artistas de renome que podemos encontrar em cada sala ou corredor. É um hotel que reúne todas as comodidades para uma estada de negócios ou lazer e está a poucos minutos de metro das principais atrações da capital francesa.
A NÃO ESQUECER:
Como chegar:
São várias as companhias aéreas que voam diariamente de Lisboa ou do Porto para Paris, desde a TAP às ‘low cost’ Vueling ou Easyjet. O Hotel Molitor fica a cerca de 30 minutos de carro do Aeroporto de Orly. É servido pelas estações de Metro de Michel Ange Molitor (linha 9) ou Porte d’Auteuil (linha 10).
Onde comer: A cozinha francesa é uma das mais famosas do mundo e são muitos os bons restaurantes em Paris. Yannick Alleno, com três estrelas Michelin, é o ‘chef’ do restaurante do hotel.
Preços: Quarto duplo desde 230 euros por noite. Suíte júnior desde 330 euros. Mais informações em www.mgallery.com.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras