Nas Bancas

Peneda-Gerês: Aventuras na Natureza

Uma sugestão 'escape.pt'.

escape.pt
25 de julho de 2013, 17:15

O Parque Nacional da Peneda-Gerês é o destino ideal para quem valoriza o contacto com a Natureza, aproveitando a deslocação para grandes momentos de ação e divertimento, com muita adrenalina à mistura.
São 70 mil hectares povoados de segredos e surpresas, independentemente da forma como se visita este verdadeiro paraíso verde, salpicado pelo azul de rios, riachos e albufeiras. Veados, cavalos selvagens, lobos e aves de rapina são apenas alguns dos habitantes do parque que poderá encontrar nesta viagem e que acabam por partilhar um território rico em vestígios de civilizações antigas e cheio de tradições, das religiosas às gastronómicas.
Numa visita em família, aconselha-se a entrar no Parque Nacional da Peneda-Gerês pelo topo norte, em Lamas de Mouro, concelho de Melgaço. O centro de interpretação aqui localizado será o seu melhor conselheiro. Ainda na zona de Melgaço, que é a capital nacional do rafting, não deixe de aproveitar a oportunidade para uma descida rápida do rio Minho. Só precisa de espírito de aventura. É também isso que oferece o Parque Aventura Diverlanhoso, o maior da Península Ibérica, ao dispor de alojamento, restaurante e infraestruturas que permitem a prática de mais de 50 atividades. BTT, slide, rappel e caminhada aquática são apenas algumas das opções deste parque no concelho de Póvoa de Lanhoso.
São diversas as formas de descobrir e explorar este verdadeiro mundo de aventuras que é o Gerês. A partir da mata da Albergaria, siga a pé ou de bicicleta até à Portela do Homem. Use os trilhos dos pastores seguindo as “mariolas”, pequenos montes de pedra que indicam o caminho. Existem também marcos miliários que assinalavam a antiga estrada romana. Explore os vários espaços e vá parando nas frescas quedas de água. Não deixe de visitar as aldeias comunitárias de Pitões das Júnias e Tourém, bastiões de costumes antigos.

A NÃO ESQUECER:
Como chegar: Existem diversas portas de entrada na Peneda-Gerês, com destaque para Lamas de Mouro, a partir de Melgaço, e Rio Caldo (em direção a Caldas do Gerês e Portela do Homem).
Onde ficar: A Pousada de Amares, em Santa Maria do Bouro, e o Aquafalls Spa Hotel Rural, na Caniçada, são excelentes opções.
A não perder: Na Barragem do Lindoso, quando a albufeira está mais vazia, aparecem as ruínas da antiga aldeia de Vilarinho das Furnas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras