Nas Bancas

Cabo Verde: Ilha do Sal

Oásis Atlântico Belorizonte

Redação CARAS
17 de fevereiro de 2013, 15:00

Cabo Verde é a arte da mora­beza, que espelha a amabilidade com que recebe os  seus visitantes. É o símbolo da sodade, tal como a cantou Cesária Évora, e do cretcheu, o lado doce e romântico de um povo. É uma melodia calma e terna como a morna e tem o ritmo quente do funaná. Assim é a ilha do Sal, que se tornou um destino turístico muito procurado o ano inteiro, graças ao clima ameno e aos cerca de 55 quilómetros de longas praias desertas de areia branca e água azul turquesa: a escolha ideal para os que buscam verdadeiros momentos de lazer.
Situado na primeira linha da praia de Santa Maria, o hotel Oásis Atlântico Belorizonte dispõe de 60 quartos superiores e 303 bungalows, cinco bares, uma piscina de água doce e duas de água salgada, jacuzzi, duas piscinas infantis, um kids club e court de ténis.
Entre os serviços disponíveis naquela unidade hoteleira encontram-se ainda três restaurantes onde se podem provar especia­lidades da cozinha cabo-verdiana, com destaque para a cachupa, a djagacida, a botchada, o molho capado, assim como diversos pratos de peixe e marisco.  Igualmente a não perder é o grogue, um rum local fabricado a partir da cana-de-açúcar, e ainda o ponche e os deliciosos queijinhos de cabra.
Durante a estada neste hotel pode procurar empresas de animação que organizam passeios de BTT, trecking, passeios de moto 4 ou de jipe, observação de baleias e tubarões, aulas de mergulho, visitas guiadas às praias na época da desova das tartarugas e ainda onde poderá encontrar material de aluguer para praticar desportos náuticos, como o surf, o kitesurf ou o windsurf.

A NÃO ESQUECER:
Como chegar: A TAP e a TACV realizam voos diários a partir de Lisboa.
A não perder: Experiência de mergulho, visita às salinas e ir à descoberta de tubarões.
Onde comer: Flor de Sal, um dos restaurantes do hotel, dedicado à gastronomia cabo-verdiana, e o Funaná Di Vila, com música ao vivo todos os dias a partir das 20h00.
A não esquecer: Passaporte válido e um visto de turismo. Consuma apenas água engarrafada. Todos os alimentos devem ser bem cozinhados, incluindo os vegetais, e a fruta lavada e descascada.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras