Nas Bancas

Escócia: Edimburgo

A cidade de Edimburgo, capital da Escócia, é também conhecida como Edinbrah.

Natacha Brigham
23 de dezembro de 2011, 13:01

Parti à descoberta da bela e verdejante cidade de Edimburgo, também conhecida como Edinbrah, a capital da Escócia. A visita começou no famoso castelo, que é um dos ícones da cidade e do país. Construído por volta de 1130, pelo rei David I, resistiu até aos dias de hoje e está muito bem preservado, à semelhança da grande maioria dos edifícios históricos da cidade. No seu interior, podemos ver a mais antiga coroa real da Europa e a lendária Pedra do Destino.
Dono de uma vista privilegiada, de onde se pode observar toda a cidade e as diferenças entre a parte moderna e a antiga, é um dos pontos de visita obrigatória.
Dali, seguindo pela Edimburgo Royal Mile, chega-se ao Palácio de Holyroodhouse, um edifício de estilo renascentista que pertenceu em tempos a Maria, rainha dos escoceses, e é hoje residência oficial da família real por ocasião das suas estadas na Escócia. É do tempo desta rainha famosa a construção da antiga cidade, atualmente subterrânea, e que pode ser visitada, quer de dia, quer de noite. Aqui, as histórias de fantasmas pairam no ar, não fosse a Escócia um país de mitos e lendas.
Depois dos subterrâneos, re-gressei à superfície e dirigi-me a um dos sítios mais característicos destas paragens, uma destilaria. Aqui, o whisky é a bebida regional, e uma visita a Edimburgo nunca estará completa sem uma visita guiada pela produção deste famoso elixir, em que o dourado domina o tom, a acompanhar o paladar forte e quente, que quase queima a garganta.
De regresso à rua, facilmente nos cruzamos com escoceses orgulhosamente trajados a rigor com os seus kilts. As lojas, com ar acolhedor, o mercado, as galerias e os museus convidam a continuar a visita por esta terra famosa pelas suas lendas e extravagâncias.

A NÃO ESQUECER:
Como Ir: A TAP tem voos para Edimburgo, via Londres, e a EasyJet tem voos diretos Lisboa/Edimburgo.

Onde ficar: Há uma vasta oferta para alojamento tanto no centro como nos arredores.

Clima: Temperado oceânico. Se não gosta de frio, a melhor altura para visitar Edimburgo é entre o fim da primavera e o início de outono.

O que comer: Os “haggis” (bucho de carneiro recheado com vísceras) e a “cock-a-leekie soup” (sopa de galinha e alho-francês) são muito populares. Para sobremesa, “cranachan”, doce feito com natas, framboesas e “whisky”.
 

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras