Nas Bancas

Portugal: Faial

A natureza em estado puro.

Redação CARAS
4 de novembro de 2011, 12:52

O Parque Natural do Faial, que engloba cerca de 17 por cento da área total daquela ilha açoriana, acaba de ser distinguido como Destino Europeu de Excelência (EDEN) pela Comissão Europeia. Uma escolha merecida, pois as 13 áreas protegidas que o constituem são, na verdade, exemplos únicos de património natural bem preservado e com uma biodiversidade única.
Imperdível numa visita à ilha é, naturalmente, a Ponta dos Capelinhos, que, devido à erupção do vulcão homónimo, entre setembro de 1957 e outubro de 1958, oferece uma paisagem em estado quase virgem, agreste, feita de lava e pedra, que lhe confere um aspeto lunar que atualmente em território português só ali se pode observar. Isto porque apesar de na região dos Açores ainda haver atividade vulcânica, a erupção mais recente, entre 1998 e 2000, foi no mar, ao largo do vulcão da Serreta. Em terra, a última manifestação foi, precisamente, a dos Capelinhos, ainda hoje considerado potencialmente ativo.
Num enorme contraste com a ponta dos Capelinhos, o resto do território faialense é fértil e verdejante, em grande parte devido ao contacto do solo com as rochas vulcânicas, cuja composição química é rica em minerais. Isso, juntamente com as temperaturas amenas e o elevado nível de humidade (em média superior a 79 por cento) que se faz sentir ao longo do ano nesta região subtropical, proporcionou o desenvolvimento de uma densa vegetação, predominantemente laurissilva, que abriga várias espécies de fauna endémica, sobretudo aves marinhas. Por isso, além de recomendarmos o aluguer de uma viatura para dar a volta à ilha (o que se faz num dia), aconselhamos vivamente que descubra os encantos da paisagem do Faial percorrendo a pé alguns dos trilhos existentes no Parque Natural.

A NÃO ESQUECER:

Como chegar: A TAP (www.flytap.pt) e a SATA (www.sata.pt) têm voos diários diretos de Lisboa para a Horta.

Onde ficar: Pousada da Horta – Forte de Santa Cruz; Casa da Japoneira; Quinta da Meia Eira; Vila Odette.

A não perder: Marina da Horta, ponto de encontro para iatistas de todo o mundo e onde deverá experimentar o Peter’s Café Sport; Monte da Guia; Praia do Porto Pim; Museu da Horta; Parque Natural do Faial, que engloba pontos de interesse como a Caldeira, o Vulcão dos Capelinhos e o seu Centro de Interpretação, o Trilho dos 10 vulcões, a Levada e a Antiga Fábrica da Baleia.
 

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras