Nas Bancas

EUA - Wave: Ondas de rocha no deserto

"A Wave é uma zona protegida, muito protegida. As suas formações rochosas de arenito impossibilitam visitas massivas, que rapidamente a destruiriam."

Cátia Pinheiro
7 de fevereiro de 2010, 12:28
FOTOS:
Fernando Peres Rodrigues


Foi em 2004 que vi pela primeira vez imagens da Wave, e fiquei impressionado com a sua extraordinária beleza cénica. Este lugar mítico pertence ao Paria Canyon, integrado no Vermilion Cliffs National Monument, fazendo fronteira entre os estados do Utah e do Arizona. Nesta zona remota e deserta abundam formações geológicas imponentes, tanto pela sua dimensão como pelas surpreendentes formas plásticas que foram adquirindo ao longo dos anos, pela erosão causada por elementos naturais, como a água e o vento.

A Wave é uma zona protegida, muito protegida. As suas formações rochosas de arenito impossibilitam visitas massivas, que rapidamente a destruiriam. Assim, a única forma de preservar este local tão frágil é limitando o acesso a vinte pessoas por dia; dez por sorteio online, com quatro meses de antecedência, e as outras dez através de outro sorteio que se realiza diariamente nas instalações da BLM (The Bureau of Land Management). O custo da autorização para a visita é de cinco dólares por pessoa.

Uma última dificuldade: o percurso a pé, de 6km, que demora cerca de 3h, seguindo um mapa com coordenadas de GPS que é entregue pela BLM. Se não tiver um GPS, siga atentamente as indicações do mapa, de modo a não fazer parte do pequeno grupo de turistas que, após terem obtido a cobiçada autorização de acesso, se perdem e não chegam a encontrar a Wave.

A não esquecer

Como chegar: A forma mais económica de chegar à zona de Page é voar para Phoenix com a Continental Airlines, a partir de €680, e depois alugar um carro no aeroporto. De Phoenix a Page são 530km, seis horas de viagem.

Quando ir: Evite os meses de Junho a Setembro, por causa do calor.

O que fazer: A zona de Page não se esgota na visita à Wave. Perto da cidade tem o obrigatório Antelope Canyon e o Horse Shoe Band, onde o rio Colorado faz uma volta de quase 360°. No Paria Canyon informe-se sobre outros locais a visitar: Coyote South Buttes, White Pocket e o desfiladeiro do rio Paria. Informações em www.blm.gov/az/st/en/arolrsmain/paria.html .

Outras informações: Verifique se o seu passaporte lhe permite a entrada nos EUA. Para ver outras fotografias: www.pbase.com/fernandopr/ e procure nas seguintes galerias: Antelope Canyon, Arizona, USA; Coyote Buttes South, Paria, USA; Coyote Buttes North, the Wave, Paria, USA; e White Pocket, Paria, USA. Pode também ver em www.zionnational-park.com/coyote-buttes.htm
http://en.wikipedia.org/wiki/Coyote_Buttes
http://hikearizona.com/decoder.php?ZTN=1340

CLIQUE PARA VER MAIS FOTOGALERIAS

CLIQUE PARA SUBSCREVER A NEWSLETTER DA CARAS


Siga a CARAS no Facebook e no Twitter !

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras