Nas Bancas

O regresso do Fiat Tipo

O novo Fiat Tipo já chegou a Portugal. Aparência moderna, um preço muito interessante e um espaço interior e uma mala que fazem corar algumas carrinhas do segmento médio

Luís Cáceres Monteiro
14 de março de 2016, 16:16

O Fiat Tipo inicia agora a sua comercialização em Portugal. A nova berlina compacta será vendida em mais de quarenta países. Este novo modelo de quatro portas, criado desde o início do projeto como um “três volumes”, representa o conceito “Nascido para ser Berlina” .

O nome do modelo – Tipo – é uma designação muitas vezes utilizada pela Fiat nos seus mais de cem anos de história. Um dos modelos a ostentar o célebre nome foi o carro de que foram produzidos quase dois milhões de exemplares entre 1988 e 1995 e premiado com o título de "Car of the Year 1989".

Os clientes podem escolher entre dois motores turbodiesel II (1.3 95 CV e 1.6 120 CV) e o motor a gasolina 1.4 95 CV. Todos são acoplados a tracção dianteira e a caixas manuais de cinco ou seis velocidades.

A nova geração do Fiat Tipo combina uma boa capacidade da bagageira (520 litros) com dimensões externas compactas (4,54 metros de comprimento, 1,79 de largura e 1,49 de altura). A distância entre eixos é de 2,64 metros. A suspensão do novo modelo proporciona uma condução agradável em estrada. Na cidade, ao carregar no botão City na consola central a direção torna-se mais leve facilitando as manobras de estacionamento.

O novo Tipo conta com algumas soluções que melhoram a vida a bordo, como sistema Uconnect com ecrã tátil a cores de 5 polegadas, sistema mãos-livres Bluetooth, streaming áudio, leitura de mensagens e reconhecimento de voz, portas AUX e USB com integração de iPod, comandos no volante e, como opcional, câmara posterior de estacionamento e novo sistema de navegação TomTom 3D Touch.

O habitáculo é relativamente silencioso e acolhedor. O motor 1.6 Multijet II de 120 CV é um pouco ruidoso a frio mas, depois, acaba por passar despercebido. É um motor cheio de genica, com um binário mais que suficiente para uma utilização diária. Consegui fazer um consumo médio de 5,8 litros para percorrer cada 100 quilómetros. As performances do 1.6 Multijet II, com caixa manual de seis velocidades, são interessantes. Sobrealimentado com turbocompressor de geometria variável, debita um binário a baixo regime de rotações (320 Nm a 1750 rpm), beneficiando a elasticidade. O comportamento dinâmico em estrada permite-nos acelerar quando é necessário sem sobressaltos, por outro lado, é confortável q.b. É sem dúvida um modelo que os gestores de frotas de táxis vão analisar com atenção, o mesmo já acontece com o Citroën C-Elysée. A verdade é que muitos gestores de frotas estão a optar por este tipo de berlinas, com um preço mais acessível, em detrimento dos premiumalemães.

Dependendo do nível de equipamento, estão disponíveis vários tipos de ambiente interno com diferentes materiais e cores. São duas as possibilidades de combinação dos bancos com os painéis das portas, ambas de aspeto acolhedor: cinzento/preto ou bege/preto. A escolha da qualidade do tecido dos bancos podia ser mais cuidada. Outro dos pontos fortes do Fiat Tipo é a disponibilidade de compartimentos, de vários formatos e capacidades, para arrumação de objectos (num total de 12 litros).

Segurança ativa e passiva em bom plano

O Fiat Tipo oferece até seis airbags (frontais, de janela e laterais), ABS com Electronic Brake Distribution (EBD), faróis de nevoeiro com função “cornering” e sistema de monitorização da pressão dos pneus que informa o condutor se a pressão dos pneus estiver baixa. Dependendo do nível de equipamento, estão disponíveis outros dipositivos, como sensores de estacionamento, câmara posterior Park Assist System, faróis automáticos e Cruise Control.

O Fiat Tipo está à venda a partir de 15.300 euros, equipado com o motor 1.4 a gasolina de 90 CV e o nível de equipamento Easy. A unidade com o best-seller 1.3 Multijet de 95 CV tem início nos 18.300 euros, enquanto o modelo que vê nas fotografias, o 1.6 Multijet de 120 CV com o equipamento mais acessível vale 20.300 euros.A versão mais cara do novo Fiat Tipo custa 21.300 eruos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras