Nas Bancas

Ateca: O primeiro SUV da Seat

O novo Ateca assinala a estreia da Seat no segmento da moda. Imagem atual, aspeto robusto, muito equipamento de conforto e segurança, motores para todos os gostos. Chega na próxima primavera.

Luís Cáceres Monteiro
19 de fevereiro de 2016, 16:55

Ateca é uma cidade que fica a oeste de Saragoça, no coração da Península Ibérica.
O design do novo modelo promete dar continuidade aos traços inagurados pela marca com sucesso no Leon. Na secção dianteira sobressai a grelha, enquanto as luzes bem delineadas e as entradas contribuem para uma imagem dinâmica deste SUV. Com um comprimento exterior de 4,36 metros, os responsáveis pela sua conceção procuraram o melhor aproveitamento de espaço possível, com 510 litros disponíveis na bagageira na versão normal e com 485 litros nas variantes com tração integral. Assim que destranca as portas, os LED nos espelhos exteriores iluminam a área junto às portas, projetando o nome do Ateca e a sua silhueta no solo.

O habitáculo combina elegância com caráter dinâmico. A posição de condução é elevada, a visibilidade para o exterior com os limites da secção dianteira estão bem demarcados. O tablier segue uma linha horizontal orientada para o condutor onde se destaca o ecrã central de 8 polegadas.
Tecnologia a bordo do Ateca

Logo que o condutor se instala a bordo, um círculo de luz à volta do botão “start” pulsa como um coração, mostrando que o Ateca está pronto para dar vida à próxima aventura. O Perfil de Condução está à disposição para ajustar as preferências de condução, condições da estrada e preferências pessoais.

O leque de sistemas na assistência à condução é generoso. Um dos exemplos é o Assistente de Trânsito: esta função de assistência torna muito mais cómodo o movimento de pára-arranca nas filas de trânsito. A este ritmo de engarrafamento, o Ateca vira, acelera e curva automaticamente dentro de certos limites do sistema. A velocidades mais elevadas até aos 60 km/h, o sistema ajuda a manter a velocidade e a trajetória na faixa de rodagem. Uma nova função de segurança é o Assistente de Emergência: Se o condutor ficar inativo durante um certo período, o veículo emite um sinal visual, depois acústico, seguido, por último, por toques breves nos travões. Se mesmo assim não houver reação, o Ateca abranda até à paragem total dentro da faixa de rodagem. Outros elementos técnicos são o Cruise Control automático ACC, o Sistema de reconhecimento de sinais de trânsito, a deteção de ângulo morto, o Assistente de Trânsito à retaguarda e o Top View (visão 360º).
Aposta na conetividade

O Seat Ateca aposta na última geração dos sistemas de “infotainment” Easy Connect, Referência para o ConnectApp: Media System plus, com o ecrã de 8 polegadas que é a estrela da consola central, que pela primeira vez no SEAT Ateca pode incluir a função de carga de telemóvel sem fios: Carregador de telemóvel Wireless. O Full Link garante a conetividade de, virtualmente, todos os smartphones, ao incluir os sistemas MirrorLink e Full Link que asseguram as funções do Apple CarPlay e Android Auto.

A dinâmica do Ateca alimenta-se de um leque de unidades motrizes com potências entre os 85 kW / 115 CV e os 140 kW / 190 CV. A oferta dos motores Diesel começa no 1.6 TDI com 115 CV. O 2.0 TDI está disponível com 150 CV ou 190 CV. Os valores anunciados de consumo oscilam entre os 4.3 e os 5.0 litros / 100 km, com valores de CO2 entre os 112 e 131 gramas / km. O motor de entrada é o 1.0 TSI com 115 CV. O 1.4 TSI traz a desativação de cilindros em regimes de carga parcial e debita 150 CV. Os consumos e as emissões destes motores ficam entre os 5.3 e os 6.2 litros e entre os 123 e 141 gramas. Valores a confirmar, muito em breve, com ensaio dinâmico a este novo modelo. O preço final das diferentes versões ainda não são oficialmente conhecidos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras