Nas Bancas

Conheça o novo Opel Astra

O familiar compacto da Opel promete ser uma das boas novidades para a "temporada" 2015/2016. A CARAS marcou presença no evento nacional de apresentação do novo modelo. Ficam os primeiros detalhes e novidades sobre o Astra que chega em Setembro

Luís Cáceres Monteiro
12 de agosto de 2015, 12:12

O familiar compacto da Opel promete ser uma das boas novidades para a "temporada" 2015/2016. A CARAS marcou presença no primeiro evento de apresentação no Teatro Camões, no Parque das Nações, onde Pedro Lazarino, responsável máximo pelos automóveis compactos e monovolumes da Opel, um português, que acompanhou o projeto de concepção e produção, desde o início, na Alemanha, explicou todos os detalhes e novidades sobre o novo modelo.
No caso do mercado europeu, o novo Astra deverá chegar aos concessionários durante o próximo mês de Setembro, imediatamente a seguir ao salão automóvel de Frankfurt.
De Kadett a Astra

Em 1936 a marca alemã lançou o primeiro modelo Kadett, a qual viria a evoluir para a designação Astra na década de 90. No total, a Opel produziu 24 milhões de Kadett e Astra e agora prepara-se para escrever um novo capítulo na História do seu 'bestseller'. A próxima geração assenta numa nova arquitetura de baixo peso. Só terá motores da geração mais recente, cujo lançamento se iniciou no final de 2013, e oferecerá equipamentos de tecnologia que são mais habituais apenas em automóveis de classes superiores.
Nova arquitetura

O novo Opel Astra é um verdadeiro anti-VW Golf. O novo modelo inspira-se nas linhas do protótipo Monza, que a marca apresentou no Salão de Frankfurt de 2013. Dependendo da versão e do equipamento, o novo Astra pode apresentar um peso total inferior em 200 kg por comparação com o atual. Cada componente foi desenvolvido a pensar em desenho compacto e materiais leves. Outras intervenções ao nível do chassis, como o recurso a aços especiais ultra rígidos e sub-chassis mais compactos, renderam uma redução adicional de 50 kg.
Nova geração de motores

Sob o capô de cada Astra estará sempre um membro da mais recente geração de motores da Opel. O leque de potências vai de 95 CV a 200 CV. A gasolina ou a gasóleo. No capítulo dos turbodiesel, o 1.6 CDTI vai estar disponível em várias versões a partir de 95 CV de potência. Do lado dos motores a gasolina, a base será o 1.0 Turbo com injeção direta, com potência de 105 CV. Uma estreia será o 1.4 ECOTEC Direct Injection Turbo, uma unidade de quatro cilindros da mesma família de potentes tricilíndricos que a Opel lançou há cerca de meio ano. O novo 1.4 de 145 CV Turbo possui bloco e cabeça em alumínio. O binário máximo é de 250 Nm.
Opel OnStar: A nova aposta na conetividade

Uma das principais apostas da nova geração Astra é sistema de ligação e assistência Opel OnStar. Na eventualidade de um acidente com ativação de 'airbag', o centro de comando do Opel OnStar é alertado automaticamente e um dos operadores estabelece de imediato, em português, contacto com o veículo para determinar se é necessário enviar ajuda. Se não houver resposta, o operador aciona imediatamente o envio de ajuda para o local. Os serviços OnStar estão disponíveis 24 horas por dia, 365 dias por ano. A resposta da parte dos operadores é sempre pronta, seja por necessidade de assistência em estrada ou outro. O OnStar transforma o novo Astra num 'hotspot' móvel de Wi-Fi 4G LTE, ao qual podem ser ligados até sete dispositivos móveis em simultâneo. O OnStar é gratuito durante 12 meses.
O novo Astra também estreia o sistema de informação e entretenimento IntelliLink. Trata-se de um aparelho que será compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay, que permitem a integração de variadas funções e aplicações de 'smartphones'. O Android Auto está desenvolvido em torno do Google Maps, do Google Now e da capacidade de comunicar com o Google, ao mesmo tempo que dá acesso a um vasto leque de aplicações de áudio e de mensagens que inclui WhatsApp, Skype, Google Play Music, Spotify e leitores de 'podcasts'.
O Apple CarPlay, por seu turno, seleciona várias aplicações e coloca-as acessíveis no ecrã tátil do automóvel ou através do comando de voz Siri. O condutor pode, assim, fazer e receber chamadas telefónicas, enviar e receber mensagens, bem como comandar fontes de música. O Apple CarPlay integra aplicações como Telefone, Mensagens, Mapas, Música e outras de fornecedores terceiros. A lista completa de aplicações está no sítio Apple.com/ios/carplay. As funções são controladas através do grande ecrã tátil situado no topo da consola central (que terá até 8" de diagonal), ou com os comandos do volante, ou ainda por controlo de voz.
Faróis LED IntelliLux

O sistema de faróis de matriz de LED IntelliLux é mais uma novidade na nova geração Astra. O sistema é formado por um total de 16 segmentos de LED - oito em cada farol - que ajustam permanentemente, de forma automática, o alcance e a distribuição do feixe de luz mediante as condições de tráfego. A câmara dianteira Opel Eye faz a leitura do espaço e identifica outros veículos em movimento, enviando informação para cada segmento LED com instruções de desligar e ligar. A câmara deteta a posição de qualquer fonte de luz do tráfego que circula em sentido contrário e no mesmo sentido. Mediante essa posição (ou posições), o sistema desliga os LED individuais que lançam luz sobre a zona (ou zonas) em causa. Em estrada, fora do ambiente urbano, os 'máximos' são acionados automaticamente e ficam sempre ligados. À velocidade de 80 km/h, os condutores conseguem detetar obstáculos nas bermas cerca de 30 a 40 metros mais cedo quando utilizam o sistema de matriz de LED em vez dos faróis convencionais de halogéneo ou xénon, na posição de 'médios'. Além do Opel OnStar e do IntelliLux LED, o próximo Opel Astra terá uma série de sistemas de assistência à condução. O sistema de Reconhecimento de Sinais de Trânsito, o Alerta de Desvio de Faixa, o Indicador de Distância para o Veículo da Frente e o Alerta de Colisão Dianteira Iminente com Travagem Ativa.
Os novos bancos do Astra têm o selo de certificação da associação de especialistas em ergonomia AGR. O condutor terá ao seu dispor 18 modos diferentes de regulação. Os dois bancos dianteiros têm funções de massagem, ventilação e regulação de largura. Por seu turno, outra novidade, é a possibilidade de ser oferecido aos passageiros do banco traseiro um sistema de aquecimento. Alguns dos equipamentos de segurança e conforto aqui mencionados são, claro, opcionais, dependendo do nivel de equipamento e da versão. Ficamos, agora, na expetativa que a dinâmica de condução possa acompanhar as boas indicações reveladas durante a apresentação estática.
A Opel não divulgou oficialmente a forma como pretende alinhar a gama, nem avançou os preços das novas versões. De qualquer forma, a redução no valor das emissões de CO2 deixa no ar um clima favorável para que a marca alemã consiga um preço competitivo para os novos Astra no mercado nacional.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras