Nas Bancas

Motores: F-TYPE, o Jaguar desportivo de Lana del Rey

A Jaguar é uma das marcas pioneiras na criação de automóveis desportivos icónicos.  O modelo mais recente é o F-Type que promete rivalizar com o Porsche 911 e tem como imagem de marca a cantora Lana del Rey.

Luís Cáceres Monteiro
1 de março de 2013, 13:45

A Jaguar é uma das marcas pioneiras na criação de automóveis desportivos icónicos. Muitos dos leitores da CARAS recordam-se certamente de carros lendários como o C-Type, D-Type ou o mítico E-Type. A herança desportiva com mais de 75 anos de história tem agora continuidade com o F-Type.
O modelo revelado na última edição do Salão Internacional de Paris possui um motor dianteiro, tração traseira, e chega agora aos principais mercados a nível mundial.  

Visualmente, o exterior do F-Type apresenta a nova linguagem de design dos modelos desportivos da Jaguar conforme o demonstram o spoiler e os puxadores das portas embutidos na carroçaria. Serão disponibilizadas três versões: F-Type, F-Type S e F-Type V8 S impulsionadas pelo novo motor Jaguar V6 3.0 Supercharged a gasolina de 340 e 380 CV, e pelo V8 5.0 Supercharged, que desenvolve 495 CV. Foi dada prioridade à rigidez torsional estática e dinâmica para maximizar a agilidade de condução. Todos os sistemas instalados na rígida estrutura em alumínio - direção, travões e transmissão - foram otimizados para proporcionar uma resposta imediata às solicitações do condutor. A suspensão dianteira e traseira com triângulos duplos sobrepostos é produzida integralmente em alumínio.
O topo de gama, F-Type V8 S, acelera de 0 a 100 km/h em 4,3 segundos e tem uma velocidade máxima de 300 km/h. O F-Type S V6 de 380 CV acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e atinge 275 km/h, enquanto os valores para o F-Type são 5,3 segundos e 260 km/h. Outros detalhes que permitem diferenciar as três versões são os materiais utilizados para realçar os elementos exteriores. Os V6 incorporam uma grelha dianteira, grelhas laterais, splitter dianteiro e difusor traseiro em preto acetinado, enquanto, que nos dois modelos S, todos estes componentes são disponibilizados com um acabamento brilhante. O V6 incorpora jantes em liga leve de 18 polegadas de série, sendo as de 19 e 20 disponibilizadas como opção, que são, respetivamente, disponibilizadas de série no S e no V8 S. O topo de gama V8 S incorpora também equipamento aerodinâmico adicional: alhetas dianteiras sob as guelras de tubarão e extensões das embaladeiras para proporcionarem estabilidade às velocidades elevadas.
Todos os motores transmitem a potência às rodas traseiras através de uma caixa de oito velocidades "Quickshift", com um seletor manual SportShift posicionado ao centro que permite um controlo sequencial, da mesma forma que as patilhas posicionadas atrás do volante. Para manter a estabilidade do veículo na seleção de uma relação inferior, a caixa dará instruções ao sistema de gestão do motor para, automaticamente, dar um toque de acelerador e equalizar o regime do motor. Esta função permite também selecionar diversas relações abaixo muito rapidamente em caso de uma travagem brusca.
Caixa inteligente

Se os sensores de aceleração lateral detetarem que o veículo se encontra numa curva, a caixa de velocidades mantém a mudança apropriada selecionada. A caixa tem também a capacidade de reconhecer se o veículo está a realizar uma série de manobras de ultrapassagem que necessita de mudanças rápidas na posição do acelerador e, em vez selecionar a relação acima, irá manter a relação mais curta para assegurar a capacidade de resposta necessária para a ultrapassagem seguinte. O condutor pode realizar a seleção manual de velocidades a qualquer momento utilizando as patilhas do volante ou a alavanca de velocidades SportShift. 7.
O F-Type dispõe de uma capota de lona em vez de capota metálica que permite uma redução importante de peso. A capota pode ser aberta e fechada em apenas 12 segundos e até uma velocidade de 50 km/h. 

Estilo F1

O F-Type S disponibiliza um sistema adicional para otimizar o arranque: o Dynamic Launch Mode. Com o veículo parado, o condutor carrega no pedal de travão e acelera simultaneamente para aumentar a rotação do motor até aparecer uma mensagem no painel de instrumentos que diz 'Dynamic Launch Ready'. Nesse momento, o condutor terá apenas que soltar o pedal do travão, carregar a fundo no pedal do acelerador e o veículo encarrega-se do resto, otimizando a aceleração.
No V8 S foi incorporado de série um diferencial ativo com controlo eletrónico para limitar a patinagem das rodas e otimizar a tração. O diferencial ativo da Jaguar é acionado por um motor elétrico que atua sobre uma embraiagem multidisco, o qual pode transferir binário à roda com maior aderência. Com um funcionamento integralmente automático, o sistema pode aplicar um bloqueio total de forma rápida. Funcionando em coordenação com os controlos de estabilidade e tração, e também com o sistema ABS, permite um controlo subtil da entrega de potência e otimiza sempre a aderência disponível.
As duas versões S dispõem de um diferencial de autoblocante, o V6 de tipo mecânico e o V8 eletrónico. Os modelos S dispõem também de um sistema de "escape ativo" e um programa opcional Configurable Dynamics. Este permite ao condutor adaptar diversas das características dinâmicas às suas preferências pessoais e inclui cronómetro e uma função que mede as forças G de aceleração lateral e longitudinal.
O F-Type tem no Porsche 911 o seu grande rival, na dinâmica, no estilo, e até no preço. O novo desportivo de dois lugares da Jaguar está à venda com um preço a partir de 95.044 euros.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras