Nas Bancas

Motores: Seat Toledo está de volta

O Seat Toledo regressa após 860.000 unidades fabricadas, é a quarta geração. A berlina está de volta, mais elegante e com motores modernos mais adaptados à realidade atual.

Luís Cáceres Monteiro
19 de dezembro de 2012, 17:38

A nova berlina compacta renovou-se a pensar nas necessidadesdos clientes que procuram um automóvel prático e acessível para toda a família.Fiquei agradavelmente surpreendido com o design e o espaço interior do novomodelo. Os designers desenharam um arco elegante até ao pilar C, que emerge seminterrupção desde o painel lateral posterior. O ângulo da janela traseira dá umaspeto equilibrado. O perfil do Toledo apresenta um contorno preciso que vaidesde o extremo do farol até ao grupo ótico traseiro, e encaixa com asuperfície das embaladeiras.
O novo Toledo apresenta uma maturidade renovada: com 4,48metros de longitude, mede mais quatro centímetros que o Toledo II, que tambémera um três volumes convencional. Na nova geração do Toledo a capacidade da bagageira assumedestaque, com 550 litros de volume, com possibilidade de ampliação até 1490litros com o rebatimento dos bancos traseiros.
O novo Toledo vem equipado com as mais recentesmotorizações e transmissões do Grupo Volkswagen: uma gama de motores TSI emotores TDI common-rail. A oferta de motores a gasolina do novo Toledo engloba potênciasentre 75 e 122 CV, destacando-se a variante Ecomotive com 116 g/km de emissõesde CO2. Destaque para o motor a gasolina mais potente, disponível com a caixade velocidades automática DSG de dupla embraiagem e sete velocidades. O modelode acesso à gama tem um motor de gasolina 1.2 de três cilindros com injeçãomultiponto e uma potência máxima de 75 CV Por sua vez, a versão ecológica do motor1.6 TDI de 105 CV apresenta consumos e emissões, anunciados, de 3,9 litros aos100 Km e 104 g/Km de CO2. Em 2013, a oferta Diesel do novo Toledo será ampliadacom a variante TDI CR de 90 CV. O depósito tem capacidade de 55 litros.
Interior moderno e minimalista

O interior do novo Toledo é espaçoso. A cor begepredomina a bordo. O velocímetro e o conta-rotações são de desenho circular ede fácil leitura, enquanto os elementos do sistema de áudio e ar condicionadoinstalados na consola central são controlados de forma intuitiva.
O ensaio dinâmico ficou prometido para uma segunda fase.De qualquer forma, julgo que é importante referir que o eixo dianteiro é do tipoMcPherson com trapézios inferiores e barra estabilizadora, enquanto o eixotraseiro é constituído por uma barra de torção compacta. Os modelos do Grupo VWestão globalmente mais confortáveis, o Toledo promete não ser exceção. Adireção electro-hidráulica contribui para o dinamismo do automóvel e a servoassistência da direção diminui com o aumento da velocidade de marcha.
A Seat disponibiliza dois níveis de equipamento:Reference e Style.
O equipamento de série é completo logo desde a versãobase e conta com seis airbags para condutor e passageiro, laterais e de cortina,ABS, ESC, rádio CD/MP3, suspensão Comfort, ar condicionado, entre outros elementos.As jantes de aço de 15 polegadas utilizam pneus 185/60.
A versão Style acrescenta o sistema climatronic, vidrostraseiros elétricos, volante e alavanca de velocidades em pele, cruise control,ligação USB, Bluetooth, jantes de liga leve 16 polegadas e pneus 215/45 e faróisde nevoeiro com função cornering que complementa a iluminação nas curvas,Bluetooth, apoio de braço dianteiro e traseiro, rede e ganchos de fixação nabagageira, e compartimentos nas laterais da bagageira.
O novo Toledo está à venda no nosso país desde Novembro, no resto da Europa chegará apenas em 2013. Os preços sãocompetitivos e variam entre os 18.851 euros daversão 1.2 TSI REFERENCE e os 24.800 euros da versão 1.6TDI CR STYLE Ecomotive.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras