Nas Bancas

Motores: Ao volante do Mercedes ML 250 BlueTEC

O novo Classe M da marca germânica é sinónimo de conforto e eficácia, tanto em estrada como em todo o terreno, e surpreende pelos baixos consumos de combustível e nível de emissões.

29 de fevereiro de 2012, 02:39

Poderoso! É esta a primeira palavra que me ocorre para descrever o novo classe M da Mercedes-Benz. A terceira geração deste todo o terreno de luxo está ainda mais imponente e repleta de maiores e melhores argumentos. O que salta imediatamente à vista é a atualização do design, com uma frente mais baixa e uma silhueta com mais estilo. Melhorou a aerodinâmica, o conforto é irrepreensível, porém, um dos seus melhores atributos é, sem dúvida, a redução dos valores de consumo de combustível e emissões, cerca de 25% inferior ao modelo anterior. Testei precisamente o mais económico da gama, o ML 250 BlueTEC 4MATIC, que apresenta um consumo misto de apenas 6,0 l/100 Km e 158 g CO2/Km. Ou seja, com o depósito de 70 litros atestado conseguimos fazer cerca de 1.170 Km. Um valor que não deixa de ser surpreendente.

Os motores foram revistos e otimizados para melhorar a eficiência e esta nova unidade diesel BlueTEC de 4 cilindros, com 204 Cv, é uma das grandes novidades. A economia do consumo é ainda realçada pela função ECO Start/Stop, a nova caixa automática de 7 velocidades 7G-TRONIC PLUS e muitos outros detalhes que a marca denomina de BlueEFFICIENCY.
O novo Classe M está dotado de um pack de equipamento de série bastante completo, tanto ao nível do conforto como ao nível do comportamento dinâmico em estrada e de uma notável capacidade fora de estrada. Para quem conduz com maior frequência em todo o terreno, recomenda-se o Pack opcional ON & OFF ROAD, disponível por mais 2.235 euros. Este pack utiliza um programa de seis modos de transmissão para melhorar a condução consoante as diferentes condições da estrada ou do piso em que circulamos. Este sistema é comandado através de um comando rotativo na consola central e inclui os seguintes modos: Automático, para uma condução quotidiana normal; Offroad1, para terrenos leves e estradas com areia; Offroad2, para trajetos mais íngremes; Winter, para estradas escorregadias com neve ou gelo; Sport, para estradas sinuosas; Trailer, para um melhor arranque e manobras com reboque.

Com este pack é praticamente impossível cometermos erros. Qualque ajuste incorreto é eliminado e, em caso de dúvida, o sistema muda para o modo automático.
Se ao nível do exterior o novo Classe M impressiona, o mesmo acontece quando nos sentamos ao volante para nos fazermos à estrada. O habitáculo é espaçoso e bastante luminoso e percebe-se que o conforto foi algo a que a Mercedes-Benz prestou atenção redobrada. Os bancos são extremamente confortáveis e todos os parâmetros podem ser ajustados eletricamente, de modo a encontrarmos a posição de condução ideal. Na fila de trás, os bancos dispõem de apoio de braços e porta-copos, e espaço é coisa que também não falta. O rebatimento dos dois encostos e dos assentos disponibiliza uma capacidade de carga até ao tecto de 2.010 litros.

O requinte e a sofisticação marcam o interior do ML 250, com materias de extrema qualidade e elementos ornamentais disponíveis em quatro tipos de madeira ou em alumínio. A parte central do painel de instrumentos é dominada pelo visor do sistema COMAND, com um display TFT a cores de alta resolução de 7 polegadas que permite, por exemplo, o acesso à internet. Com o carro parado, podemos navegar livremente ou aceder a uma aplicação da Mercedes-Benz. As aplicações incluem Google Local Search, acesso ao Facebook e meteorologia, além da capacidade de efetuar downloads e adotar no sistema de navegação uma rota previamente configurada no Google Maps.
Como não poderia deixar de ser, estão também disponíveis vários sistemas inovadores ao nível da segurança, entre eles, o sistema que deteta que estamos cansados e nos recomenda a uma paragem, o sistema de assistência à travagem, deteção de mudança de faixa de rodagem e controlo do ângulo morto. Alguns destes sistemas estão disponíveis apenas como opcional.
Apesar das suas dimensões, estamos perante um carro muito ágil e fácil de conduzir, que é sinónimo de eficácia, conforto e uns surpreendentes valores em matéria de consumos. Este novo Classe M promete dar carta no cada vez mais competitivo universo dos SUV's de luxo.
Preços:
ML 250 BlueTEC 4MATIC, 204 cv - desde 73.550 euros

ML 350 BlueTEC 4MATIC, 258 cv - desde 87.000 euros
O modelo disponibilizado para este ensaio (ML 250 BlueTEC 4MATIC), com pintura metalizada, bancos em pele e muitos outros extras, entre eles, o Pack ON & OFF ROAD (2.235 euros), o AIRMATIC (2.032 euros), o COMAND online (2.723 euros) ou o Pack de Assistência de Faixa de Rodagem (853 euros), tem o preço final de 88.700 euros.
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras