Nas Bancas

Rodrigues_MM_060112_Dakar_4881.jpg

D.R.

Hélder Rodrigues no Dakar: "O ambiente entre pilotos é sempre salutar"

Chile, 6 de janeiro de 2012

Hélder Rodrigues
6 de janeiro de 2012, 18:44

Olá a todos os leitores da Caras.

A etapa de hoje, que conduzia a caravana do Dakar até à fronteira entre a Argentina e o Chile, foi anulada devido a uma tempestade de neve que assolou o Paso de San Francisco, situado a mais de 4700 metros de altitude. A organização considerou que as condições de segurança não estavam reunidas e assim seguimos viagem até ao Chile, ficando para trás uma etapa que, por sinal, seria uma das mais duras do rali.
Hoje chegamos a Copiapó. Esta comunidade da região do Atacama ficou mundialmente conhecida quando em 2010 o desabamento de terras dentro de uma mina deixou 33 trabalhadores presos, durante cerca de dois meses, a mais de 600 metros de profundidade. Felizmente esta história teve um final feliz e todos os trabalhadores foram retirados com vida do fundo da mina. 
Os dias sem corrida, por norma, costumam ser tranquilos. Não existe a pressão de deixar tudo preparado para a etapa seguinte. Nestes tempos mortos é possível confraternizar, tanto com os outros portugueses, como com os nossos adversários. Apesar de estarmos a competir uns contra os outros, existem laços de amizade entre nós. Pessoalmente, tenho boas relações com os meus adversários, particularmente porque fazemos um ano inteiro de corridas juntos e é inevitável que tenhamos alguma proximidade. O Dakar é uma prova que, pela sua dureza e competitividade, provoca muita tensão entre os concorrentes. No entanto, e acima de tudo, o ambiente entre pilotos é sempre salutar.
Um abraço
Hélder Rodrigues

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras