Nas Bancas

Rodrigues_MM_030112_Dakar_4257.jpg

D.R.

Hélder Rodrigues no Dakar: A vida no Bivouac

Chilecito, 4 de janeiro de 2012

Hélder Rodrigues
4 de janeiro de 2012, 18:53

Olá a todos os leitores da CARAS que me têm acompanhado nesta jornada. Na crónica de hoje vou relatar um pouco de como corre o dia-a-dia no Dakar. O bivouac é como que uma pequena cidade móvel que todos os dias é montada e desmontada nos locais de chegada de cada etapa. É uma logística enorme que a organização da prova tem que ter muito bem definida para que a vida dos pilotos seja facilitada ao máximo.

No bivouac do Dakar não nos falta nada. Temos restaurante, posto médico, balneários, zona de assistência, onde se fazem as reparações dos veículos e área para instalar tendas e autocaravanas.

Esta cidade do Dakar não dorme, qual Nova Iorque segundo Frank Sinatra. Ouvimos movimento aqui e ali. Há sempre concorrentes a chegar pela noite dentro e os mecânicos não podem descansar enquanto a revisão dos veículos não estiver devidamente feita. Este trabalho é crucial para que a etapa do dia seguinte corra de feição. Há todo um trabalho de equipa por trás de cada piloto que pode ser determinante para a classificação final.
Para a etapa de amanhã vamos ter na ementa areia, muita areia. Em Fiambala vamos atravessar longos cordões de dunas de areia branca que pode colocar em causa a participação de muitos pilotos menos experientes.
Um abraço
Hélder Rodrigues
Hélder Rodrigues terminou a etapa de hoje em 4.º lugar e continua na 3.ª posição da classificação geral.

1.jpg

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras