Nas Bancas

Motores: Conheça o novo Peugeot 208

Depois do sucesso dos 205, 206 e 207, a marca francesa usa o termo 'regeneração' para apresentar o 208.

4 de novembro de 2011, 00:24

Na primavera de 2012 chega a Portugal o novo Peugeot 208, uma aposta forte da marca francesa e que pretende seguir a linha de sucesso dos seus antecessores. Afinal, quem não se lembra dos 205, 206 e 207?

Com este novo modelo do segmento B, um dos mais competitivos no nosso país, a Peugeot pretende marcar um verdadeiro salto de geração, daí que o termo escolhido para caracterizar este lançamento tenhas sido 'regeneração'.
Disponível nas carroçarias de 3 e 5 portas, o 208 é mais leve (menos 110 kg em média que o 207), aerodinâmico e muito compacto (menos 7 cm de comprimento e menos 1 cm de altura). No entanto, a habitabilidade aumentou, com mais espaço nos lugares traseiros e um compartimento de bagagens de maiores dimensões.
Esteticamente, são notórias algumas semelhanças com o 508: a grelha flutuante, os faróis traseiros em boomerang..., cada detalhe foi desenhado em total coerência com o volume geral.

Quanto ao interior, uma verdadeira ruptura com o que já existia. A posição de condução foi totalmente repensada, em torno de um volante de dimensões reduzidas e de um painel de bordo elevado e de um ecrã táctil de dimensões bastante generosas.
Com uma média de emissões de CO2 de 34 g/km mais baixo que no 207, o 208 perfila-se para ser líder no seu segmento. Com cinco propostas, quatro das quais equipadas com o sistema Stop & Start, a oferta diesel começa em 87 g/km de CO2, ou seja, 3,4 l/100 km.

O 208 inaugura os novos motores a gasolina de 3 cilindros 1.0e 1.2 VTi, com uma oferta que começa em 99 g/km de CO2, ou seja 4,3 l/100 km.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras