Nas Bancas

users_308_30831_megane-caras-7-a9ec.jpg

Renault Mégane Coupé RS

Não faltam vitaminas ao Mégane RS Coupé. Conheça o elemento mais potente da linhagem civil de veículos desportivos da Renault Sport

Luís Cáceres
28 de julho de 2010, 09:27

No mês de Agosto de 2007 participei num evento no Autódromo do Estoril onde conduzi o Mégane RS. O modelo em causa era o famoso Mégane, o tal da traseira vincada, que tanta polémica originou e tantas unidades vendeu.

Um dia vivido intensamente que recordo com saudade. Conduzi automóveis como o Porsche 911, o Honda Civic Type R, o Mini Cooper S, a carrinha Audi RS4, o Dodge Viper, enfim, uma barrigada! Na altura lembro-me que adorei o comportamento do Mégane RS em pista.

Renault Mégane Coupé RS

Três anos passados encontro-me ao volante da nova geração deste modelo. Claro que não consegui explorar da mesma forma as capacidades dinâmicas do carro nas estradas nacionais. De qualquer forma, deu para sentir o "feeling" da máquina. O Mégane RS é ágil, não se porta como um carro tipicamente familiar, mas sim como um automóvel que dá prazer guiar. A traseira solta-se um pouco quando desejamos e o ESP só intervém em situações extremas, o que facilita o ajustar da frente na trajetória pretendida, depois é só acelerar, sem que haja problemas de falta de tração.

Renault Mégane Coupé RS

O Mégane Coupé RS é o mais recente elemento da linhagem de veículos desportivos da Renault Sport. Destaca-se dos restantes modelos que fazem parte da gama Mégane através do visual agressivo. Na face dianteira os guarda-lamas encorpados, o para-choques dianteiro dotado de uma lâmina aerodinâmica inspirada no F1 e os faróis com tecnologia LED.

Renault Mégane Coupé RS
CARAS

Produzido na fábrica da Renault em Palencia, Espanha, o RS distingue-se ainda exteriormente pelas jantes de 18 polegadas, pinças dos travões pintadas a encarnado, e pelo difusor dianteiro e traseiro, ambos inspirados nos monolugares de Fórmula 1.

O cliente pode escolher entre dois chassis: Sport e Cup. O primeiro é mais vocacionado para o dia-a-dia, o segundo focado na performance em circuito. No nosso caso experimentámos o Mégane RS com a afinação Sport. Revelou-se dócil e muito divertido de conduzir.

O motor 2.0 litros de 250 CV de potência, mais 28 CV do que a geração anterior, e um binário máximo de 340 Nm torna-o fácil de gerir mas permite impulsos de adrenalina sempre que pisamos o acelerador com mais vigor.

O interior é refinado, os materiais são de boa qualidade com destaque para o volante em couro, os pedais desportivos, o conta-rotações de cor amarela, os bancos dianteiros Recaro, revestidos em couro carbono escuro (parte integrante do Pack Super Sport que custa 2.370 euros). O Renault Mégane Coupé RS está disponível a partir de 37.300 euros

Renault Mégane Coupé RS

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras