Nas Bancas

Experimentámos o Ford Focus RS

Do Mundial de Ralis para as estradas portuguesas. Um desportivo cheio de sangue na guelra

Luís Cáceres
22 de julho de 2010, 01:12
Experimentámos o Ford Focus RS


Na frente do Ford Focus RS encontramos uma grande entrada de ar que incorpora uma grelha desportiva em preto. Os faróis de nevoeiro destacam-se pelo design rasgado, enquanto as grelhas laterais pretas de arrefecimento do motor, com o logo RS, realçam as largas cavas das rodas frontais. O capô integra duas grelhas de ventilação que asseguram uma temperatura ideal de funcionamento do motor.
Na traseira, o para-choques segue as linhas da frente, incorporando um vistoso e eficaz difusor de ar com efeito Venturi. De cada lado, duas saídas de ar acentuam a sua postura larga, com duas ponteiras de escape destacando-se por baixo do para-choques agressivo. Para completar esta imagem de competição, surge um spoiler superior de dupla lâmina.


Experimentámos o Ford Focus RS

O aspeto atlético e agressivo das linhas exteriores transpira para o interior. As bacquets Recaro de competição asseguram o apoio suporte lateral necessário ao condutor. Os painéis das portas, o volante ostenta o logo RS. A consola central tem acabamentos semelhantes a carbono, com três manómetros localizados no topo, direcionados para o condutor. Existem manómetros separados para a pressão do turbo e para a temperatura do motor.


Experimentámos o Ford Focus RS

A Ford desenvolveu um sistema de suspensão chamado "RevoKnuckle", para trabalhar em conjunto com o diferencial autoblocante "Quaife". O sistema assegura que a potência produzida por este Focus RS de tração dianteira é convertida em tração e aderência para a roda/s de acordo com as necessidades.

Com base no Focus ST, o RS esconde por baixo do capô um motor 2.5 Turbo. É um bloco turbocomprimido de 305 CV que atinge os 100km/h em 5,9 segundos. O binário de 440 Nm surge a partir das 2300 rpm. O barulho rouco deste motor de cinco cilindros é melodia para os meus ouvidos e não incómoda, nem acorda, os vizinhos. Os apaixonados por automóveis ligam aos diversos ruídos que a máquina debita, no caso do Focus RS o som que escutamos quando desligamos o carro no botão do Start/Stop é simplesmente espetacular. Um ligeiro assobio do Turbo que parece anunciar o descanso do guerreiro.


Experimentámos o Ford Focus RS

Em estrada é bem visível que o chassis está bem afinado. A direção é direta como convém, a caixa de seis velocidades precisa, o comportamento em curva é ultra eficaz. A suspensão é obviamente firme o que torna a condução desagradável quando encontramos uma estrada com mau piso ou nas junções metálicas das pontes.

Durante o ensaio que realizei fiz consumos médios de 12,5 litros, isto sem puxar muito pela máquina. O Ford Focus RS é um automóvel exclusivo e tem como preço indicativo os 46. 700 Euros.

Ford Focus RS Le Mans Classics

A Ford decidiu homenagear as 24 Horas de Le Mans e criou uma série especial com cinco variantes para o Focus RS. É uma série limitada a 600 unidades e vale bem a pena ver o vídeo.


Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras