Nas Bancas

Ao volante do novo Mazda 3

A magia do oriente chegou às estradas portuguesas.

Luís Cáceres
2 de outubro de 2009, 12:11

Confesso que sempre gostei de automóveis japoneses. Adoro o Honda S2000, o Civic Type-R, conduzi durante muito tempo um Toyota Land Cruiser. Na Mazda gosto praticamente de todos os modelos. Experimentei o rotativo RX-8, o MPV 5 (gostava muito da anterior versão Sport), o novo Mazda 6 com o motor 2.2 diesel de 185 CV e o simpático citadino Mazda 2. Todos eles bons produtos.


Ao volante do novo Mazda 3

O novo Mazda3 é um automóvel relativamente compacto, dinâmico e que dá gosto conduzir. Como sabem, a marca japonesa é conhecida por desenvolver excelentes automóveis desportivos. Quem não reconhece o MX-5 como um dos roadsters mais divertidos de conduzir?


Ao volante do novo Mazda 3

Experimentei o Mazda 3 com o motor MZ-CD 1.6 de 109 CV de potência. A berlina de cinco portas. A aparência é arrojada e diferencia-se da "fauna" nas estradas portuguesas.


Quanto ao interior, o Mazda3 tem um cockpit desportivo e o equipamento de conforto é prático de utilizar e intuitivo. Também é sem dúvida um dos automóveis mais silenciosos do segmento. Os japoneses da Mazda têm apenas que trabalhar a qualidade de alguns materiais colocados em locais menos visíveis. Por exemplo, os plásticos dos contornos dos bancos, os que encontramos na parte interior da porta da bagageira, nada de muito visível mas que deve melhorar no futuro.


Ao volante do novo Mazda 3

A posição de condução é facilmente encontrada e fico novamente deslumbrado com a caixa de velocidades de um Mazda. Neste caso, uma caixa de cinco velocidades muito precisa e com um escalonamento ajustado aos diversos regimes. O motor tem a resposta na ponta da língua e fiz consumos médios de 6,7 litros para percorrer 100 km. O comportamento dinâmico em estrada é eficaz. Curva bem. Sente-se na peitaça, o chassis é coisa boa mas, atenção, falamos de um familiar e não de um carro de corrida. Em certas curvas que fiz a velocidades mais elevadas a direcção fica algo solta. É verdade que o controlo de estabilidade está alerta mas... é pena que os pneus Toyo, montados nas jantes de 17 polegadas, não sejam melhores.


Ao volante do novo Mazda 3

Os modelos a gasolina estão disponíveis com motores de 1.6 (105 CV) e 2.0 litros (150 CV) e os modelos a diesel estão disponíveis com motores de 1.6 (109 CV) e 2.2 litros (150 e 185 CV).


Ao volante do novo Mazda 3
CARAS

Os preços do novo Mazda 3 variam entre os 19.528 euros, no caso da versão 1.6 Comfort a gasolina, de cinco portas, e os 38.580 euros do mais potente MZR-CD 2.2 Sport Plus 2.2 com 185 CV de potência. Pelo meio temos 22 versões distintas e uma das melhores relações preço/equipamento do mercado. Para depois fica prometido um contacto com o novo Mazda3 MPS.


Ao volante do novo Mazda 3

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras