Nas Bancas

O 'gloss' está de volta e brilha como nunca

Nude, pêssego e rosa são os tons da estação

Cristiana Rodrigues
23 de junho de 2009, 18:00

"Lábios brilhantes é sexy. Gloss a transbordar até ao queixo é desmazelo"

Quando queremos usar um gloss num tom nude (tom que vai do bege ao castanho caramelo) temos de ter em conta que a cor natural do lábio pode interferir com a cor do gloss. Uma das soluções utilizadas pelos maquilhadores profissionais para 'neutralizar' o tom natural do lábio é usar uma camada de anti-cerne antes do gloss. Outro truque muito eficaz, é cobrir o lábio com um lápis de lábios de um tom nude que além de o uniformizar vai evitar que o gloss fuja do contorno do lábio.
Se quiser que o gloss dure mais que '30 segundos' sugiro que use um batom com um tom a condizer; retire o excesso 'mordendo' um kleenex e depois aplique o gloss.

"A cada tom seu paladar"

Seja qual for o tom da sua pele há com certeza um gloss que lhe vai ficar maravilhosamente bem.

Nas peles mais escuras, os tons pêssego funcionam muitíssimo bem. São de evitar tonalidades a fugir para o branco, tons 'gelo' ou rosa.

A pele 'azeitonada' fica muito bem com os corais.

Os tons de pele clara/média são os melhores candidatos para todos os tons nude que, na pele mais escura têm tendência para ficar acizentados .

O gloss rosa é, sem sombra de dúvidas a cor ideal para quem tem a pele mais pálida.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras