Nas Bancas

A escolha de... Alberta Marques Fernandes

Sempre atenta ao mundo que a rodeia, a jornalista revela, nas suas escolhas, procurar momentos de simplicidade que valorizem o auto-conhecimento.

CARAS
26 de novembro de 2017, 20:00

Com 26 anos de carreira dedicados ao jornalismo, o nome de Alberta Marques Fernandes ficou gravado na história do mundo audiovisual como o primeiro rosto da televisão privada em Portugal, já que foi ela quem abriu a emissão da SIC a 6 de outubro de 1992. Natural do Porto, a jornalista gosta de usufruir de pequenos prazeres onde nunca falta o que, para si, é o mais importante: a troca de afetos. Mãe de Luísa Agapito, de 17 anos, Alberta gosta de se deixar perder nas horas, numa troca constante de amor e de admiração mútuas. Atualmente a trabalhar na RTP3, a jornalista irá lançar muito em breve o seu segundo livro, Mulheres na Política – Retratos na Primeira Pessoa.
HOBBY - Ioga Samkya
Estou a dar os primeiros passos num ioga tradicional, ancestral e que tem várias disciplinas técnicas e não se limita às posições físicas. É um desenvolvimento total que abarca todas as dimensões do ser humano.
CD - Banda sonora do filme “Cinema Paraíso”
É de Ennio Morricone e é de uma beleza e harmonia que me transporta para lugares mágicos. Aliás, o filme é uma obra-prima, um dos filmes da minha vida, a cena final é inesquecível! Gosto de ouvir em casa, em silêncio e à luz das velas. Um ritual que não dispenso.
VIAGEM - Índia
A Índia fascina-me. Apetecia-me mergulhar na Índia durante algum tempo e esquecer-me de mim. Há tantas Índias para descobrir…
FIM DE SEMANA - Aldeia da Mata Pequena
Um mergulho delicioso no nosso mundo rural reconstruído com ternura e arte. A Ana e o Diogo transformaram uma aldeia em ruínas num maravilhoso “museu etnográfico”. As pequenas casas, o mobiliário, os utensílios: todos os pormenores são um hino ao rústico e ao que de mais simples e belo se faz em Portugal. Imperdível e bem perto de Lisboa.
LIVRO - “O Caminho Menos Percorrido”
Um livro do psiquiatra M. Scott Peck ao qual regresso de vez em quando, porque me leva sempre a um novo olhar sobre mim, os outros e a vida. Uma viagem às nossas emoções, sentimentos, ao que nos move e transforma.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras