Nas Bancas

A escolha de... Margarida Martins

A presidente da Junta de Freguesia de Arroios e ex-presidente da Associação Abraço, de 63 anos, partilha as suas sugestões.

CARAS
18 de junho de 2017, 18:00

Mulher de lutas e de causas, Margarida Martins começou por se tornar conhecida como porteira do bar Frágil, no Bairro Alto, onde trabalhou de 1983 a 1991. Nessa altura, depois de ter acompanhado a doença de um amigo na unidade de doenças infecciosas do hospital Egas Moniz, começou, com um grupo de amigos, a dar apoio a seropositivos ali internados. Um ano depois nascia a Abraço, associação que presta apoio a pessoas infetadas e afetadas pelo VIH/SIDA e da qual Margarida foi presidente durante mais de duas décadas, função que deixou de desempenhar para assumir um novo desafio, o de Presidente da Junta de Freguesia de Arroios, cargo que ocupa atualmente.
FILME: “Casablanca”
Um filme clássico que faz parte do nosso imaginário. É fascinante.
RESTAURANTE: Pap’Açorda
Sempre gostei muito do Pap’Açorda, onde se come boa comida portuguesa.
LIVRO: “Raízes”, de Augusto Athayde
Sobre o Jardim José do Canto e que retrata, com fotografias minhas, esse belíssimo jardim que foi recuperado e pertence à Fundação com o mesmo nome.
CONCERTO: Keith Jarreth
O concerto de Keith Jarreth ao vivo no Coliseu dos Recreios é a minha escolha. Sou fã deste maravilhoso pianista.
BAR: Frágil
Onde trabalhei e onde fiz grandes amigos, que continuam ao longo dos anos, como o Manuel Reis.
VIAGEM: Marrocos
Fiz grandes amigos aqui. É um país que gosto bastante de visitar e do qual não me canso. Gosto dos espaços, dos lugares, dos cheiros, dos sabores. É uma verdadeira ponte de afetos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras