Nas Bancas

A escolha de Pedro Caldeira Cabral

Um concerto e um encontro assinalaram, no Teatro S. Luiz, em Lisboa, os 50 anos de carreira do aclamado músico e compositor.

CARAS
4 de junho de 2017, 18:00

Compositor e multi-instrumentista consagrado, Pedro Caldeira Cabral comemora 50 anos de carreira no Teatro S. Luiz, em Lisboa, com um concerto a 25 de maio e um encontro-debate a 26, ambos sob o lema A Guitarra de Ontem e de Hoje. Investigador na área da música tradicional, desenvolve como compositor um estilo próprio, fundado na tradição solística da guitarra portuguesa, e a sua discografia inclui quase duas dezenas de obras. Tem atuado nas principais salas e festivais de música internacionais.
FILME: “O Cavalo de Turim”
Uma referência essencial na cinematografia contemporânea, do húngaro Béla Tarr. Uma obra notável que nos fala do tempo, de um mundo verdadeiro, agora condenado a uma falsificação constante com a imposição de modelos de cultura de massas e do entretenimento como forma de dominação pela alienação.
CONCERTO: “A Guitarra de Ontem e de Hoje”
Com o Trio de Pedro Caldeira Cabral e os convidados Ricardo Rocha e Luís Marques, uma “viagem musical” de cinco séculos percorrendo o repertório solístico da mais expressiva e importante das cítaras da Europa: a guitarra portuguesa! Foram apresentadas obras do Renascimento à contemporaneidade.
RESTAURANTE: A Travessa
No antigo Convento das Bernardas, em Lisboa. Pelo ambiente mágico e a excelente comida. Porque sim!
CD: “Greek Rhapsody (Instrumental Music from Greece, 1905-1956)”
Com compilação e notas de Tony Klein, um trabalho de excecional qualidade e apresentação muito cuidada com 2 CD e inúmeras notas, fotos e comentários de enorme interesse histórico e musicológico. Notável!
VIAGEM: A Rota do Douro
É um dos percursos mais interessantes e também de maior beleza pela magnífica paisagem construída e pela riqueza patrimonial ainda preservada, sobretudo se pudermos fazê-la com tempo para ir visitando os monumentos do interior.
LIVRO: “Bíblia”
Na nova edição com tradução direta dos textos gregos e notas da autoria do tradutor Frederico Lourenço. Um trabalho fascinante feito numa perspetiva neutra mas envolvente, pela carga emotiva que transparece dos comentários e pela revelação esclarecedora de passagens que na maioria das outras versões apareciam obscurecidas pela obediência a lógicas institucionais ou de proselitismo religioso.
‘HOBBY’: Colecionismo
O estudo e conservação de peças raras, algumas em vias de desaparecimento, com valor simbólico e/ou afetivo, cujo valor de mercado é relativamente baixo, mas que despertam um enorme entusiasmo, pelas múltiplas relações que se estabelecem com os objetos, a bibliografia especializada e os inúmeros adeptos com quem estabelecemos relações humanas especiais por partilharem a nossa paixão.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras