Nas Bancas

A escolha de... Rita Redshoes

A artista participa num projeto da ‘Visão’ e do ‘Expresso’, o livro ‘Peter Pan’ numa edição especial com anotações suas.

CARAS
14 de maio de 2017, 18:00

Cantora, compositora, multi-instrumentista e letrista, Rita Redshoes estreou-se na vida artística em 1996, como baterista do grupo de teatro ITA VERO. No ano seguinte, gravou um disco com o grupo Atomic Bees, que formou com amigos. Em 2003 foi convidada a integrar a banda de David Fonseca, enquanto pianista, onde permaneceu até 2009. Entretanto, em 2007, o seu tema Dream on Girl integrou a coletânea da FNAC Novos Talentos e foi aí que começou a ganhar notoriedade. No ano seguinte lançou o primeiro disco, Golden Era, e em 2009 deu os primeiros passos na internacionalização. Vários álbuns, tournées e prémios depois, é hoje, aos 35 anos, um nome sólido no panorama musical português. Her é o seu trabalho mais recente.
ESCAPADINHA: Marraquexe
Uma escapadinha ótima. Bastam alguns dias para ver a cidade e sentir o ritmo e o ambiente que ali se vive. É obrigatório perdermo-nos na Medina e bebermos um chá de menta!
RESTAURANTE: Psi, Lisboa
Comida vegetariana requintada que só pelo aspeto devia ganhar prémios. Recomendo vivamente qualquer um dos pratos, acompanhado pelo chá da casa!
DISCO: “Voá”, de Momo
É do cantor e autor brasileiro que decidiu vir passar uma temporada a Portugal e acabou por ficar. Lançou este ano um disco maravilhoso com inspiração portuguesa. Sensível na escrita e no canto. É um bom amigo.
LIVRO: “Peter Pan”
Edição Visão/Expresso com as minhas anotações e ilustrações da Cláudia Guerreiro. Um projeto que me deu muito prazer fazer. Depois de se ler o texto original, percebe-se que é uma história recheada de questões mais adultas do que infantis. Uma história focada no amor materno e nas consequências quando ele não existe.
CONCERTO: Sílvia Pérez Cruz
No dia 29 de junho, no CCB. Uma das cantoras atuais mais emocionantes. Ainda não aconteceu, mas sei que será memorável.
VIAGEM: Parque da Gorongosa, Moçambique
Este parque é de uma riqueza natural inigualável. Passamos por paisagens áridas, por florestas densas, e a qualquer momento podemos ser surpreendidos por um leão a dormir no cimo de uma árvore ou por uma manada de elefantes.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras