Nas Bancas

Joaquim Jorge

Joaquim Jorge

Joaquim Norte Sousa

A escolha de... Joaquim Jorge

O fundador do Clube dos Pensadores prepara-se para moderar o seu 100.º debate e o convidado é o ex-ministro António Pires de Lima.

CARAS
27 de dezembro de 2015, 18:00

Fundou o Clube dos Pensadores em 2006 e desde então contou com a presença de inúmeras figuras de relevo da política, economia, sociedade, cultura e desporto nos seus debates públicos. Marcelo Rebelo de Sousa, Alberto João Jardim, Maria de Belém, Belmiro de Azevedo, Alexandre Soares dos Santos, Sobrinho Simões, Vítor Baía e Pedro Abrunhosa foram alguns dos convidados de Joaquim Jorge.
Licenciado em Biologia pela Universidade do Porto, é professor a tempo inteiro e um pensador intenso e interventivo. No Clube dos Pensadores – que dia 31 organiza o seu o 100.º debate, com António Pires de Lima – aprofunda questões da atualidade com irreverência e descontração.
Apaixonado por desporto, foi federado de futebol de salão até aos 48 anos, desporto que ainda pratica com regularidade.
O CD - "Off The Wall”
Este disco do Michael Jackson foi marcante na minha vida. Destaco a qualidade da música e a beleza da coreografia.
O Filme - “Gran Torino“
É difícil escolher um dos filmes do Clint Eastwood, gosto de todos. Como ator e realizador, é genial, admiro a sua personalidade. No Gran Torino, assume a realização e o papel de protagonista. É uma história muito interessante de um ex-militar com problemas familiares e de mal com a sociedade.
O Livro - “O Fim do Poder“
Estou farto de ditadorezinhos e ‘porteiros’ que decidem quem entra e quem sai. As coisas estão a mudar, mesmo que lentamente, e os pseudopoderosos controlam cada vez menos a liberdade de expressão e opinião. Porque a liberdade individual é um bem inalienável. Neste livro, o escritor venezuelano Moises Naim explica por que o poder, na política ou nos negócios, está cada vez mais fragmentado.
O Concerto - Earth, Wind & Fire
Vi-os no ano passado nos Jardins do Marquês de Pombal, no festival EDP CoolJazz, e gostei muito de ouvir ao vivo clássicos como Let’s Groove ou Boogie Wonderland. A música acompanha-me e sempre que posso vou ver concertos.
A Viagem - Berlim
Recordo a viagem a Berlim quando tinha 20 anos, ainda existia o Muro. Lembro-me de chegar de avião à noite e ver uma linha de separação entre Berlim Ocidental, toda iluminada, e Berlim Oriental, às escuras. Acabei por não visitar o lado oriental da cidade porque havia muita tensão e aparato policial.
O Fim de semana - Casa
Adoro ficar em casa com a minha família, muitos jornais, livros e música. De vez em quando, deitar o olho a um boa série ou sessão de cinema na televisão e a um bom jogo de futebol com o Chelsea ou o Real Madrid.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras