Nas Bancas

Nuno Baltazar

Nuno Baltazar

Frederico Martins

A escolha de... Nuno Baltazar

Autor de coleções que correspondem ao sonho de muitas mulheres, o estilista é um nome incontornável da moda portuguesa.

CARAS
1 de março de 2015, 20:00

Nuno Baltazar estudou na escola de moda Citex, no Porto. Conquistou vários prémios, entre os quais o concurso de jovens criadores da revista Máxima. Tendo como fonte de inspiração as viagens, as referências cinematográficas e algumas figuras icónicas, apresentou as suas coleções no Portugal Fashion, Paris Fashion Week e ModaLisboa. Catarina Furtado é uma das figuras públicas que mais se tem associado ao trabalho do estilista, que desenvolveu uma linha de mobiliário – Baltazar MAP – com o arquiteto e sócio Vítor Almeida. Recentemente, venceu o prémio de melhor criador de moda nos Fashion Awards e o Globo de Ouro de Melhor Estilista. Aos 39 anos, vive no Porto e é na Avenida da Boavista que tem a loja da marca.
A Viagem – Marraquexe
Uma das minhas cidades preferidas. É impossível não nos deslumbrarmos com a mistura entre a sofisticação francesa e a atmosfera inebriante do Norte de África.
O Museu -
Soares dos Reis
É um dos meus espaços preferidos no Porto e, infelizmente, ainda não tem a dimensão que merece. Destaco a coleção de pintura fantástica e uma galeria de escultura maravilhosa.
O Filme -
“O Desprezo”
Um filme de 1963 que foi recentemente o ponto de partida para a minha coleção Verão 2015. Um desafio à reflexão sobre a importância do trabalho de autor num universo dominado pelos interesses económicos. Um filme de notáveis interpre­tações lideradas por Brigitte Bardot.
O Criador de moda –
Vários
Madame Grés
, Madeleine Vionnet, Cristobal Balenciaga, Christian Dior e Yves Saint Laurent. Impossível escolher apenas um. São as minhas grandes referências. Inovadores e vanguardistas na sua época. Tenho por cada um deles uma enorme admiração.
O Livro -
“Para onde vão os guarda-chuvas”
Do Afonso Cruz. Este é um romance que cruza vários personagens extraordinários num Oriente fantasioso, na procura de encontrar ou reencontrar algo ou alguém que se perdeu.
O ‘Hobby’- Ginásio
A disciplina de treino é fundamental para me sentir com força e revigorado para enfrentar os desafios do dia-a-dia. Gosto de treinar e tento ir pelo menos 3 a 4 vezes por semana ao Holmes Place.
A Música - “Andorinha”
Do mais recente álbum Canto, da Carminho. É um fado com letra e música da própria e que, quanto a mim, mostra o que o fado deve ser.

 

 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras