Nas Bancas

Fátima Araújo

Fátima Araújo

D.R.

A escolha de... Fátima Araújo

A jornalista da RTP acaba de editar o seu primeiro livro, no qual conta a história de sucesso de um grupo de jovens com paralisia cerebral.

CARAS
11 de janeiro de 2015, 20:00

Natural de Santa Maria da Feira, a jornalista e pivot da RTP acaba de editar o seu primeiro livro. Por Acaso... é uma narrativa jornalística sobre cinco jovens portugueses com paralisia cerebral que, não obstante as suas limitações físicas, são casos positivos de sucesso. Desafiada para ajudar a desmistificar clichés e preconceitos em relação aos deficientes, Fátima Araújo escreveu este livro que tem ainda um cariz solidário, já que 1 euro resultante da venda de cada exemplar reverte para a Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC).
Licenciada e pós-graduada em Jornalismo e Comunicação pela Universidade de Coimbra, Fátima Araújo tem uma formação profissional do Committee of Concerned Journalists pela Universidade de Georgetown, em Washington, em parceria com a Fundação Luso-Americana. Antes de chegar à RTP, há 13 anos, a jornalista  passou pela TSF, pela Rádio Renascença e pelo Jornal de Notícias.
O CD - "Temper Trap"
O disco homónimo dos australianos Temper Trap é uma feliz mescla de indie rock com groove experimental e com o melodrama poético, que soa sempre bem! E tem uma das músicas mais bem conseguidas que já ouvi até hoje: Trembling Hands.
O Filme -
“21 Gramas“
Além de ter um elenco de luxo – Sean Penn, Benicio Del Toro e Naomi Watts –, este filme de Alejandro Gonzalez Iñárritu é uma metáfora belíssima do peso da vida e das pesadas cargas da vida, dos limites do amor, da redenção e do nosso fim: os 21 gramas que pesa uma barra de chocolate são os mesmos 21 gramas que perdemos no momento em que morremos.
O Livro -
“O Retrato de Dorian Gray“
Este livro de Oscar Wilde remete-me para o universo da pintura, pelo qual sou fascinada. E gosto do primor narrativo em torno da transição da beleza efémera para o envelhecimento, sem retorno do ser humano e da reestruturação interior e exterior a que a idade nos obriga.
O Concerto -
Arcade Fire
Recordo o concerto no Super Bock Super Rock em 2007. Sou fã da banda, festivaleira convicta, e este concerto foi memorável porque o público se transformou numa extensão da banda e não um adereço.
A Viagem -
Tibete, Nepal e Butão
Em 2007 fiz uma expedição de quase um mês pelo Tibete, Nepal e Butão. Cumpri um sonho de infância. O anacronismo, o medievalismo e a anexação do Tibete pela China apuram o meu espírito insurgente e reacionário em defesa das liberdades individuais e coletivas e da autodeterminação dos povos.
O Restaurante –
DOC
Pela atitude emocional e cultural que o chef Rui Paula imprime à sua ementa e pela inspiradora e maravilhosa paisagem do Douro. Estrada Nacional 222. Folgosa.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras