Nas Bancas

Rui Neto

Rui Neto

D.R.

A escolha de... Rui Neto

Artista multifacetado, é como ator que tem conquistado terreno, mas a encenação é uma área onde vai impondo o seu nome

CARAS
28 de dezembro de 2014, 20:00

Licenciado em Teatro/Atores pela Escola Superior de Teatro e Cinema e mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa, Rui Neto tem no seu currículo dezenas de cursos e workshops de aperfeiçoamento. Talvez por isso não lhe falte trabalho, sobretudo no teatro e na televisão, mas também no cinema. Recentemente, e como ator, fez as novelas Dancin’ Days e Sol de Inverno, na SIC, as peças O Aldrabão, encenada por João Mota, e Purga, com encenação de João Lourenço, e participou no filme Mistérios de Lisboa, de Raul Ruiz. Encenou ainda, entre outras, a peça Worms, que estreou na Comuna e passou depois pelos teatros de Almada e da Trindade. Nos tempos livres, Rui Neto, de 35 anos, encontra um escape no desporto, que pratica com regularidade.
A Viagem – Paris
Por muito que viaje, sempre que volto a Paris encontro uma dose de romantismo, arte e lazer que me faz sentir em casa. Beber um bom vinho com um queijo extraordinário nas margens do Sena ao fim da tarde é algo de que não abdico.
O Fim de semana-
Tipi Valley – Surf & Yoga Eco Retreat
Uma excelente oportunidade para relaxar e conhecer o outro lado do Algarve, sozinho, a dois ou com amigos. Entre o ioga e as aulas de surf, os desafios são garantidos, para não falar no alojamento muito original para quem gosta de acampar mas não dispensa o conforto. Eu adoro!
O Passeio –
Évora
É a cidade onde encontro as minhas raízes e onde tenho muitas memórias de infância. Gosto de lá ir matar saudades dos amigos e da família e comer uma sopa de cação ao balcão do restaurante A Choupana, que chegou a ser do meu avô.
O Museu -
Musée d’Orsay
É um museu muito bonito, com a arquitetura de uma antiga estação de comboios. É um espaço onde apetece estar e usufruir das pinturas que integram o seu espólio – sobretudo realismo e impressionismo, que me interessam particularmente. A vista do terraço sobre Paris vale muito a pena.
O Filme -
“Ligações Perigosas”
Continua a ser um dos filmes que mais me marcaram e que não me canso de ver. Vale mesmo a pena estudar o trabalho de John Malkovich e Glenn Close, é um tratado de representação.
O Livro - “Game of Thrones”
Adoro ler e neste momento vou para o IV volume do Game of Thrones. Mas é o livro que estou a escrever com os meus textos de teatro que me ocupa a maior parte do tempo. Procura-se editora...
O Restaurante - Sushic e Gustus Sushi Alentejano
Sou um amante de comida, em particular da alentejana, mas rendi-me ao sushi há uns anos, daí estas sugestões.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras