Nas Bancas

Juliana Cavalcanti

Juliana Cavalcanti

D.R.

A escolha de… Juliana Cavalcanti

Consultora na área da moda, Juliana Cavalcanti trocou o Brasil por Portugal, onde se sente como peixe na água.

caras
14 de dezembro de 2014, 20:00

Formada em fashion business em São Paulo, Juliana Cavalcanti trabalhou sempre na área da moda, tanto em São Paulo como em Londres, onde viveu durante um ano, e desde há sete anos em Lisboa. Hoje, é como consultora para a indústria da moda, focada nas áreas de estratégia de branding, comunicação/marketing e produto (concretamente, na definição de coleção ou compras) que desenvolve a sua atividade. Destaca a possibilidade de trabalhar com mercados internacionais, muito diferentes entre si, como um dos grandes atrativos desta profissão.
Escolheu Lisboa para viver porque, diz, “adoro estar aqui e, além disso, proporciona-me a mobilidade necessária para aceder aos mercados europeus”. Mas sempre que lhe é possível regressa ao Brasil, “para matar saudades e recarregar as energias”.
A EXPOSIÇÃO: The Other Art Fair
Em Londres. É uma exibição de novos artistas concebida e dirigida por um grande amigo inglês e que tem feito um enorme sucesso. Acontece de seis em seis meses e dá oportunidade a novos nomes na arte contemporânea. Acontece em East London num ambiente fantástico.
O LIVRO: “Ensaio Sobre a Cegueira“
De José Saramago. Li há vários anos e marcou-me muito.
O CD: Jessie Ware
Tenho ouvido muito, por estes dias, Tough Love, da inglesa Jessie Ware. Estou a adorar.
O BAR: Tapas Bar El Gordo
Tenho que escolher um em Lisboa, a minha cidade hoje em dia, e escolho este, no Príncipe Real. Adoro-o, vou lá com muita frequência.
O RESTAURANTE: 100 Maneiras Bistro
No Chiado. Recomendo vivamente.
A VIAGEM: Pela Europa
Aos 22 anos fiz sozinha uma viagem pela Europa (a minha grande paixão) durante um ano. Foi o meu ano sabático. Mas ainda estão muitas viagens por vir... Sonho com um tour pela Ásia.
O ESPETÁCULO: Dança
Adoro dança, sobretudo contemporânea, mas também clássica.
O FILME: “África Minha”
Do Sydney Pollack. Em alternativa, um filme francês mais recente, Intouchables.
O FIM DE SEMANA: Douro
No outono, acho que é um super programa de fim de semana ir ao Douro, dormir numa quinta com aquele cenário maravilhoso e viajar pelo mundo dos vinhos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras