Nas Bancas

Henrique Amaro

Henrique Amaro

D.R.

A escolha de... Henrique Amaro

Homem da rádio, é apaixonado por música e presta serviço público aos artistas nacionais, sendo ‘padrinho’ de muitas bandas portuguesas.

Redação CARAS
12 de outubro de 2013, 18:00

Apaixonado por música, Henrique Amaro é feliz no seu trabalho: homem da rádio desde 1985, esteve na fundação da Rádio Energia e da Antena 3, onde ainda hoje assina o programa de autor Portugália. Fez televisão, foi o programador musical da Expo’98 e o responsável pelos discos de tributo a Carlos Paredes e Adriano Correia de Oliveira e pelas coletâneas Tejo Beat e Novos Talentos da Fnac. Desde 2009, é o diretor da editora Optimus Discos, projeto que tem “dado a mão” à nova geração de músicos portugueses. Ao longo da sua carreira, foram muitos os grupos que Henrique Amaro apadrinhou, ajudou e aconselhou. Opinion maker, está também envolvido na realização de festivais e eventos musicais, como é o caso do Optimus D’Bandada, de que é programador artístico. Um evento que se realiza a 14 de setembro na Baixa do Porto e que conta com a participação, entre outros, de António Zambujo, Miguel Araújo, Gisela João e Samuel Úria.
O Livro - "Carnaval no Fogo"
Sou um confesso admirador da obra do brasileiro Ruy Castro. Acabei de ler Carnaval no Fogo, um ensaio literário  sobre o Rio de Janeiro, e agora, para este final de verão, vou recuperar Carmen, uma fascinante descoberta da vida de Carmen Miranda.
O Filme - “24 Hour Party People“

De Steve Coogan,representa o amor pela música e pela edição, personificado na figura de Tony Wilson. Na história do cinema encontramos grandes filmes sobre o amor entre pessoas, este talvez seja um dos maiores sobre a paixão pela música.
O CD - “O Grande Medo do Pequeno Mundo“

O último CD de Samuel Úria é tão valioso que vale como disco e livro!
O Concerto - Marcelo Camelo e Dead Combo

Para não apelar à nostalgia, destaco dois dos mais recentes: Marcelo Camelo no Cinema Tivoli, e Dead Combo no São Luiz.
A Viagem - Europa e Marrocos

Recordo duas distintas: a primeira, com amigos, através da Europa, com o objetivo de visitar estádios de futebol; a outra, em família, para conhecer Marrocos. As que ainda não concretizei, e que são quase projetos de vida, têm como destino o Brasil profundo e Moçambique, onde nasci e nunca mais voltei.
O Restaurante – Muralhas

Poderia escolher dezenas de outros, mas o Muralhas, em Vila Real de Santo António, é o eleito: mestres na arte de grelhar peixe, têm o Guadiana mesmo ao lado, qual imagem de postal.
O Bar - Lounge, Casa Independente e Musicbox

Quando saio à noite, estes espaços lisboetas são prioritários, pois têm regularmente concertos ao vivo.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras