Nas Bancas

António Simões

António Simões

Joaquim Norte de Sousa

A escolha de… António Simões

Há 23 anos no mundo da moda, é um dos responsáveis pelo sucesso da Dielmar, onde é estilista desde 2003. À sua imagem, cria roupa a pensar nos homens charmosos e elegantes.

Redação CARAS
27 de janeiro de 2013, 19:00

Natural de Setúbal, AntónioSimões mudou-se para Lisboa para se formar em Estilismo Industrial/Designde Moda no CIVEC – Centro de Formação Profissional da Indústria de Vestuário eConfeção. Desde 1986 dedicado à moda, Tó Simões, como é conhecido, viu cedo oseu talento ser premiado como jovem criador, duas vezes na Intermoda e uma naPortex. Depois de cinco anos como estilista e coordenador do departamento desenhora da Maconde, é, desde 2003, o estilista da Dielmar, marca portuguesa devestuário masculino que exporta 70 por cento da sua produção e tem lojas em 21países.
Nos tempos livres, o estilista, de 47 anos, gosta de viajar e estudar para ocurso de Cinema que está a tirar na Universidade da Beira Interior. Para trásficaram o gosto por colecionismo e pelo universo motard.
O FILME: “Rouge"
Este filme genial de Krzysztof Kieslowski tem dois dos meusintérpretes de eleição, Irène Jacob e Jean-Louis Trintignant, eencerra a trilogia Azul, Branco e Vermelho, onde pareceacreditar-se que a vida é feita de uma sucessão de coincidências, moldadas por umaforça maior, que podemos interpretar como Deus, como destino ou como o que querque seja.
O CD: "Fina Estampa"
É uma obra-prima da música latino-americana, na voz mais inconfundível doBrasil, Caetano Veloso. Poder ouvir vezes sem conta um disco e nunca noscansarmos de o repetir é sinónimo de uma qualidade irrepreensível.
O MUSEU: MoMA, em Nova Iorque
O Museum of Modern Art tem uma das melhores coleções de arte moderna domundo. Ali, podemos apreciar obras dos grandes nomes da pintura, design,arquitetura e escultura da nossa época.
O LIVRO: "O Amante"
É a obra de consagração da autora francesa Marguerite Duras. Oretrato de uma jovem (a própria) que descobre o poder da sua beleza e da suasexualidade e cujo principal trunfo reside na capacidade de tirar partido dosseus defeitos, transformando-os em qualidades.
O CONCERTO: Madonna
Recordo a Blond Ambition World Tour, de 1990. Uma produção perfeita,em que nada foi deixa­do ao acaso pelo ícone da música pop maisirreverente de sempre. E para quem viu ao vivo, aconselho o filme.
A VIAGEM: Londres, Paris e Roma
Adoro estas capitais europeias. Londres, Paris e Roma são cheias dehistória e consigo descobrir sempre algo novo, apesar de as visitarfrequentemente. E também Nova Iorque, porque me deixou literalmente boquiabertocom a escala quase irreal de certos espaços. Ou ainda México e Cuba, ondeconsegui estar horas a fio dentro de água nas melhores praias que já tivehipótese de conhecer. Resumindo: se me querem ver feliz, ponham-me numaeroporto com um bilhete de avião na mão.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras