Nas Bancas

Manuela Mota Ribeiro

Manuela Mota Ribeiro

D.R.

A escolha de… Manuela Mota Ribeiro

Há um ano deixou a Medicina e o ensino universitário para se dedicar, em exclusivo, à escrita para crianças. Aos 42 anos, prepara-se para apresentar os seus dois novos livros infantis.

Redação CARAS
28 de outubro de 2012, 19:00

Licenciada em Medicina, Manuela Mota Ribeiro estreou-se na escrita infantil em 2008 com Jardim do Arco-Íris, que foi adotado como livro de leitura orientada para o 1.º Ciclo do Ensino Básico dos cursos de Língua e Cultura Portuguesas no Luxemburgo. Seguiram-se, entre outros, Serafim Está Sempre Constipado; Girafritz Aprende Uma Lição; Kiko, O Dentinho de Leite; Edmar, O Passarinho Albino. Os dois últimos constam do Plano Nacional de Leitura.
Há um ano, Manuela deixou a Medicina e o ensino universitário para se dedicar em exclusivo ao mundo dos livros e da escrita. Granadas Castanhas no Jardim dos Cãezinhos e Rosinha, Uma Ursinha Feliz são os mais recentes títulos da escritora portuense, e vêm acompanhados por um CD com músicas infantis da cantora Sofia Ribeiro, sua irmã.
O LIVRO - "A Inutilidade do Sofrimento"
Este livro de María Jesús Álava Reyes é muito útil, cheguei a “prescrevê-lo” a alguns doentes, obtendo resultados muito positivos. É um livro que pode fazer a diferença na vida das pessoas, sobretudo das que vivem em sofrimento.
O CD -
"Mil e Uma Cores"
Este CD de Sofia Ribeiro traz-me bem-estar e nele revejo o meu projeto e os dons da minha família. Não só da minha irmã Sofia, é claro, mas também da minha mãe (autora das letras), das minhas outras irmãs, filhas e sobrinhas, que, entre outros, participaram ativamente com as suas lindíssimas vozes.
O FILME - "Os Condenados de Shawshank"

Com excelentes atores, este marcante filme de Frank Darabont mostra-nos a importância da amizade, da esperança, da persistência e da lealdade.
O MUSEU - Museu Nacional dos Coches
Neste museu de Lisboa temos a oportunidade de apreciar peças magníficas que nos transportam ao passado.
O RESTAURANTE – Roque
Na ilha de Faro, tem um excelente arroz de lingueirão e uns muito famosos 'jaquinzinhos'. Já é uma tradição de família irmos lá. É muito agradável jantar na esplanada, com o brilho da Lua refletido na água.
A VIAGEM- Brasil
Pelo sol, o clima, a água tépida do mar, a beleza paradisíaca, a música, o ritmo, a simpatia, os sucos, os bolos caseiros...
O CONCERTO - U2
Recordo em particular o concerto que vi em Coimbra, há dois anos. Foi fenomenal! Dancei, cantei e vibrei durante mais de duas horas, sem parar. Foram momentos inesquecíveis, vividos com enorme intensidade.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras