A escolha de... Fernando Seara

Quando vários palácios e quintas de Sintra recebem a 47.ª edição do festival de música clássica, o autarca daquela vila histórica não podia deixar de o recomendar.

Redação CARAS
24 Junho 2012, 18:00
D.R. Fernando Seara

Nasceu em Viseu, há 56 anos, mas há muito que se apaixonou por Sintra. Autarca desta vila histórica desde 2002, Fernando Seara tem apostado na sua divulgação a nível nacional e internacional. Uma das iniciativas em que mais tem investido é o Festival de Música de Sintra, cuja 47.ª edição decorre entre 22 de junho e 8 de julho, no Centro Cultural Olga Cadaval e em várias quintas e palácios da vila e arredores.
Licenciado em Direito, tem como grandes paixões o seu Benfica, a leitura e a música. Casado há nove anos com a jornalista Judite de Sousa, Fernando Seara tem um filho do seu anterior casamento, Alexandre, que já lhe deu dois netos, Alexandre Maria, de cinco anos, e José Maria, de quase dois, e adora o papel de avô.
O FESTIVAL - 47.º Festival de Música de Sintra
Mesmo a não perder. De 22 de junho a 8 de julho. No Centro Cultural Olga Cadaval e em locais mágicos, repletos de carisma e História, como os Palácios de Sintra e de
Queluz, a Quinta da Regaleira ou a Quinta da Piedade. Este ano com o tema Viena Antes de Mahler: de Haydn a Brahms, acolherá alguns dos melhores artistas internacionais e jovens revelações, entre os quais Nicholas Angelic, Stephen Kovacevich, Grigory Sokolov, Artur Pizarro, o Ensemble de Berlim, o Quarteto com Piano Mozart, ou o duo de violino e piano de Bruno Monteiro e João Paulo Santos.
AS FÉRIAS - Douro Vinhateiro

Tal como Sintra, é classificado Património Mundial pela UNESCO. Um território mol­dado pela mão do Homem, resultando numa paisagem sublime e num fator de competitividade no âmbito do turismo con­temporâneo. Tal como Sintra!!! Um destino imperdível, não porque a crise nos impede de viajar, mas porque Portugal encerra destinos únicos. Património de todos!
O LIVRO - “Uma Campanha Alegre”, de Eça de Queiroz

Para mim, o génio da literatura portuguesa do séc. XIX. Eça era um homem frontal, com uma coragem e audácia pouco usuais em Portugal. Ainda hoje. Especialmente hoje. Como sempre em Eça, presente a crítica social e política que se aplicaria, como uma luva, à atual sociedade portuguesa...
O FILME - “A Nona Porta”

Com Johnny Depp, esta história de eso­terismo de Roman Polanski só poderia ser, em parte, rodada em Sintra. O mistério e a bruma de Sintra são poderosos ímanes que atraem os melhores realizadores. Como, por exemplo, Paul Auster, fã incon­dicional de Sintra.
O CD - “Mingos & os Samurais”
Um dos melhores álbuns de Rui Veloso. Um grande músico português e um dos meus favoritos. Pelo que tem feito pela música portuguesa e pelos momentos magníficos que a sua música me tem proporcionado. E, sobretudo, pela sua amizade!

Relacionados

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras

SUBSCREVA AQUI

Caras nas redes

Mais na caras

X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .