Nas Bancas

Constança Lino

Constança Lino

Nuno Miguel Sousa

A escolha de... Constança Lino

A arquiteta, de 36 anos, concilia a paixão pelo trabalho com a intensa vida familiar. Constança é casada com Nuno Ribeiro da Cunha e mãe de quatro filhos.

Inês Mestre
15 de abril de 2012, 19:00

A arquitetura é a sua paixão, mas, com quatro crianças, o dia-a-dia de Constança Lino consegue ser muito intenso. Por isso, a arquiteta, de 36 anos, aproveita o tempo em que os filhos estão na escola para trabalhar. Casada com o private banker Nuno Ribeiro da Cunha, de 37 anos, e mãe de Vasco, de nove anos, José Maria, de seis, Martim, de cinco, e Nuno, de nove meses, confessa que é um luxo gerir os seus projetos conforme o tempo livre que tem depois de tratar dos filhos. Ter uma família grande sempre foi um sonho para Constança que, no entanto, espera dedicar-se com maior disponibilidade à sua carreira quando os quatro rapazes forem mais velhos.
O livro - "Presságio de Fogo", de Marion Zimmer Bradley
Li há muitos anos, mas foi dos livros de que mais gostei. Nele a autora ‘reimagina’ a história da Guerra de Tróia e conta-a do ponto de vista de Cassandra, profetisa e princesa de Tróia. Uma narrativa que nos transporta para o mundo e imaginário femininos da mulher na antiguidade.
O filme - "Os Coristas", de Christophe Barratier
É dos filmes mais apaixonantes que vi e mostra uma turma problemática num internato de rapazes. Os professores desistem por não conseguirem suportar o ambiente de indisciplina geral. Com a chegada de um novo supervisor, Clément Mathieu (Gérard Junot), criam-se relações de amizade e cumplicidade entre os alunos e o professor que os ajuda a amenizar as dificuldades e os acompanha na memória para o resto da vida.
A viagem - Cuba
Gosto sempre de viajar, conhecer novas paisagens, arquitetura, culturas. Mas se tiver que escolher uma viagem que já fiz, escolheria Cuba, mais precisamente Havana. “Forçada” a estar parada no tempo, e pobre, não deixa de ser uma cidade monumental, alegre e de ter um povo naturalmente desenrascado e altamente criativo!
A cidade - Lisboa
Lisboa é de tal maneira extraordinária e cheia de tudo que se torna difícil resumi-la em poucas palavras. Capaz de agradar a qualquer um pelo seu clima, arquitetura, paisagem, história, escala, topografia, cores, proximidade de praias, campo, etc... É um nunca acabar de razões para querer sempre voltar e para fazer desta a minha cidade para a vida!
O pintor - Júlio Pomar
O mestre Júlio Pomar é um dos maiores pintores do país. Com uma obra extremamente diversificada, desenvolvida ao longo de mais de 60 anos de trabalho, é sem dúvida um artista que marca a história da arte portuguesa.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras