Nas Bancas

fonseca.jpg

Livro: "Amálgama"

De Rubem Fonseca.

CARAS
16 de janeiro de 2015, 13:05
São contos, mas também há poemas. Amálgama, de Rubem Fonseca, é uma feliz mistura de relatos de amor, dor, raiva, erotismo e violência escritos com a crueza própria deste brasileiro que se intitula romancista, ensaísta, contista, guionista e “cineasta frustrado”.  
Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras