Nas Bancas

1.jpg

D.R.

Comemorações do centenário do nascimento do Prof. Calvet de Magalhães

No dia 21 de novembro, na sala Polivalente da Escola Francisco de Arruda.

Divulgação
12 de novembro de 2013, 16:37

No âmbito dos 100 anos donascimento do Prof. Calvet de Magalhães,a Escola Francisco de Arruda, da qual foi diretor, está a organizar um eventode homenagem para o próximo dia 21 de novembro com o seguinte programa:
17h30 – Receção
17:35 – “Conhecer Calvet de Magalhães”
Painel – Dr. Mário Godinho

Dra. Alice Vieira

Dra. Maria EmíliaBrederode Santos

Dra. Maria Manuel CalvetRicardo
18h30 – Descerramento de placa em homenagem ao Prof. Calvet de Magalhães,renomeando a sala polivalente.
CONHECER MELHOR CALVET DE MAGALHÃES:
Professor e metodólogo da disciplina deDesenho no Ensino Técnico, inspetor, diretor da Escola Francisco Arruda,artista plástico, jornalista e publicista, nasceu em Lisboa, a 8 de março de1913. De forte tradição liberal, a família conta com artistas plásticos,diplomatas, escritores e jornalistas. Morreu em agosto de 1974.
Manuel Maria de Sousa Calvet deMagalhães depois de ter concluído o curso liceal no Liceu Passos Manuel,frequentou o Curso de Pintura na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa e oCurso de Cenografia na Secção de Teatro do Conservatório Nacional de Lisboa.
Foi professor e metodólogo da disciplina de Desenho no Ensino Técnico, artistaplástico, jornalista e publicista. Notabilizou-se como pintor tendo recebido oPrémio Nacional de Arte Luís Lupi e o Prémio Amadeu Sousa Cardoso. Em 1956, énomeado diretor da Escola Elementar Francisco de Arruda, cargo que ocupou atéao seu falecimento.
Como diretor da escola, mobilizou pessoas e interesses em torno de múltiplasrealizações de reconhecido valor, quer internas á escola (experiênciaspedagógicas de coeducação, integração de alunos deficientes, o 7º e 8º anosexperimentais, utilização de meios audiovisuais), quer externas, de naturezacultural (organização de sessões aos sábados, com filmes e palestras porescritores, artistas, pedagogos) ou  de serviço à comunidade (criação daChiquinha - infantário, infantil e primária para filhos de professores efuncionários da área).
Não escondendo a sua preferência por uma profissão docente independente, apoioue deu suporte logístico, como diretor da Escola Francisco de Arruda, ao Grupode Estudo do Pessoal Docente do Ensino Secundário, embrião do futuro Sindicatodos Professores, desde a sua criação em 1969/70.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras