Nas Bancas

Herege.jpg

“A Marca do Herege”, de Susana Fortes

Um 'thriller' alucinante onde se cruzam ecologistas, professores universitários, tubarões das finanças e padres.

Redação CARAS
5 de março de 2013, 10:42

O cadáver de uma jovem é encontrado na Catedral de Santiago de Compostela. Ao mesmo tempo, desaparece um manuscrito do séc. IV da autoria do bispo herege Prisciliano. Este é o ponto de partida deste thriller da historiadora galega Susana Fortes onde se cruzam ecologistas, professores universitários, tubarões das finanças e padres.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras